Encontrar alguém nos EUA

Se você planeja estudar nos EUA, siga estes passos simples para encontrar o seu próprio mentor. 1. Jante com um professor. As faculdades o incentivam a conhecer os professores em um contexto informal, como por exemplo durante um café ou almoço. Algumas escolas pagam a conta em um restaurante local quando você convida um dos seus professores. Como Encontrar um Amigo Perdido. Saber como encontrar um amigo perdido pode ser uma forma simples de ajudar você a reviver uma velha amizade. Não importa se você está procurando tirar o atraso dos velhos tempos, fazer novas memórias ou... Uma moradora de Michigan descobriu em sua caixa de correio um cartão postal que foi enviado há 100 anos e que estava entre suas contas. No artigo de hoje quero compartilhar com vocês uma coisa que acaba sendo surpresa logo quando chegamos nos Estados Unidos: a bebida. Seja ela quente ou fria, alcoólica ou não alcoólica, grande ou pequena… não existe uma única pessoa que tenha ido pela primeira vez à terra do Tio Sam e não tenha se espantado (positiva ou negativamente) com alguma diferença ou novidade neste assunto. Dicas de aplicativos para quem deseja fazer novas amizades. Decidi escrever este texto com dicas para conhecer solteiros, tendo em mente pessoas que fizeram grandes mudanças nos últimos tempos. Pessoas que mudaram de cidade, estado ou país por causa de um trabalho novo, recomeçando a vida ou por causa do novo estado civil. Em... Praticamente todos os leitores do Viver Nos EUA são lusófonos, portanto será difícil você encontrar americanos aqui que queiram conversar com brasileiras. Por essa simples razão te aconselho a fazer perfis em sites próprios para namoro com estrangeiros ou de troca de idiomas, se é isso que você busca. Você até encontra açaí em alguns lugares dos EUA, mas o sabor não é tão gostoso como os que a gente encontra no Brasil, pelo menos os que eu experimentei deixou a desejar. 2. Farofa. É até possível encontrar farofa nos mercadinhos brazucas nos Estados Unidos, mas posso dizer que não é a mesma coisa que a nossa farofa macia daqui do ... O Chick-fil-A está entre as cadeias de fast-food de maior sucesso e uma das franquias baratas nos EUA.Com apenas US $ 10 mil você abrir seu novo restaurante.. Franquias baratas nos EUA. As vendas da empresa cresceram de US $ 1 bilhão para US $ 9 bilhões em 2017, tornando-a maior do que Chipotle e KFC combinadas. Em outras palavras, se alguém nos EUA chegar bem perto de um indivíduo para conversar, existe uma boa chance dela estar interessado naquela pessoa. Contato visual. Quando o assunto é contato visual, precisamos ter muito cuidado. Nos EUA, contato visual direto e consistente é considerado profissional e demonstra confiança. Flórida é um dos piores estados americanos para se encontrar um amor, aponta pesquisa. Levantamento analisou taxas de casamento e divórcio, quantidade de solteiros, valor médio de um encontro ...

Meu parceiro gringo rico me agrediu fisicamente e me jogou na cara que sou brasileiro prostituto

2020.09.21 12:02 Silverwxyz Meu parceiro gringo rico me agrediu fisicamente e me jogou na cara que sou brasileiro prostituto

Quem aí é pobre e gostaria de um príncipe encantado pra te tirar da miséria e viver num castelo… de preferência na Europa com um bom padrão de vida? Pois é, encontrei algo parecido (só que não). Quem procura esse tipo de coisa ou aceita entrar nessa talvez seja bom saber que muitas vezes a vida não é esse conto de fadas.
Resolvi tentar minha sorte na Europa, Itália. Sou professor de inglês formado, sempre fui independente, mas na Europa dificilmente contratam um brasileiro pra dar aulas de inglês. As escolas preferem falantes nativos dos EUA ou Inglaterra. Mesmo se eu tivesse 100 anos de cursos e experiência, nunca vou deixar de ser brasileiro, e a maioria das escolas nem pega o currículo. Minha formação não vale muita coisa na Europa. E o mercado pra dar aulas de português é quase inexistente.
Nisso eu conheci um cara, gostamos um do outro… fui morar com ele. Percebendo minha dificuldade pra encontrar bom trabalho, ganhando pouco, ele propôs pra eu trabalhar menos e voltar a estudar, fazer outra graduação. Detalhes: ele é rico e tem o dobro da minha idade, eu 30 e ele 60. Sim, eu prefiro homens maduros. Aí é que está o problema, aliás, vários problemas: nossa grande diferença de idade, classe social, minha nacionalidade considerada “inferior”, a fama da prostituição dos brasileiros…
Desde o início passei por várias situações desagradáveis… Alguns amigos dele me perguntaram na cara mesmo se sou prostituto brasileiro e se não estaria com ele por causa do dinheiro. Ele brigou com esses amigos por causa disso.
São muitos desafios manter uma relação assim. Já é difícil pelo fato de sermos dois homens, e com grande diferença de idade! Se ao menos ele tivesse uns 10 anos a menos, seria mais fácil eu apresentar pra minha família... Minha mãe jamais aceitaria eu estar com um homem mais velho que ela.
Algumas vezes tentei terminar a relação. Já estive prestes a sair de casa, ele não deixou e disse: “Termine seus estudos, eu gostaria muito de dar isso pra vc. Depois você vai embora e encontra alguém mais jovem que eu”. Na verdade desde os primeiros dias que nos conhecemos ele sempre tentou me comprar, com luxos, viagens, e já no início da nossa relação disse que não tem herdeiros e procura alguém mais jovem como eu pra deixar tudo. Várias vezes ele me pede pra gente ir assinar os papéis do casamento e herdarei tudo. Ele diz exatamente isso! Aliás, ele já disse que fez o testamento dele declarando que sou o herdeiro.
Eu e ele sempre fomos bons amigos, tivemos uma conexão forte, sem problemas na relação, algumas briguinhas cotidianas, nada de mais…
Um ponto negativo é que ele é abertamente racista. Costuma fazer comentários contra negros, e sempre que ele tem oportunidade ele faz piada com o fato de eu ser brasileiro, diz que venho da selva, de um país perigoso, subdesenvolvido, que faço vodu, macumba… Antes ele era casado com uma moça da Guiana e depois teve um namorado da Venezuela. Ele culpa a origem latino-americana dos ex-parceiros pelo temperamento difícil e comportamento “primitivo”. Ele gosta de pessoas mais jovens. Como seria numericamente mais difícil ele conseguir um jovem europeu que queira morar com um velho, ele tem o histórico de pegar jovens desfavorecidos do “terceiro mundo” pra ajudar a trabalhar e estudar, todos os relacionamentos dele foram assim. Ou seja, ele mostra toda sua riqueza, tenta impressionar, e depois teme que está sendo usado, comprando alguém, e nos conflitos acaba sendo racista e usando o poder financeiro pra dominar e inferiorizar.
Se eu não respeito alguma “etiqueta” ele diz: VC VEIO DA SELVA MAS AGORA ESTÁ NA EUROPA, PRECISA SABER SE COMPORTAR. Na verdade eu não me sentia ofendido, ele é alemão e eu apenas retrucava falando coisas negativas de alemães. Eram piadas de mal gosto que fazíamos um contra o outro… E como resposta eu beliscava os mamilos dele, ele odeia quando faço isso. Já era um costume nosso.
Mas essa simples besteira desencadeou um conflito. Há dois dias estávamos na rua, eu tremendo de frio, e ele fez piada: VOCÊ É UM ANIMAL DA SELVA MESMO. NÃO ESTÁ FRIO. Em resposta, belisquei o mamilo dele, e desta vez ele teve um ataque de fúria. Ele apertou meu braço com bastante força, arranhou, tirou sangue. Ele nunca tinha me atacado dessa forma. Fiquei bastante chateado e passei o resto do dia sem conversar com ele. No final do dia, mostrei pra ele os hematomas, isso não se faz. Começamos a brigar e daí ele já abriu a porteira, falou várias coisas racistas, e por fim disse que sou um prostituto. Estávamos prestes a nos atacar fisicamente, ele veio pra cima de mim pra me dar socos. Eu empurrei, fiz posição de defesa e disse: EU SOU MAIS FORTE QUE VOCÊ. SE VOCÊ OUSAR, EU QUEBRO SUA CARA E TIRO SANGUE DE VERDADE. Ele recuou, sentou-se na cama e ficou acuado ofegante, tremendo, vermelho.
Estamos juntos há 4 anos, sempre tivemos uma relação pacífica, sem grandes dramas, nada parecido com isso tinha acontecido entre nós, foi bastante extremo. Estamos sem conversar há 2 dias na mesma casa, desviando um do outro, está insuportável. Eu já fiz dois anos de curso, precisaria de mais um ou dois anos pra terminar. Na Itália é quase impossível trabalhar, se sustentar e estudar ao mesmo tempo, as aulas são em período integral, precisa de dedicação quase exclusiva.
O que vocês fariam?
Tentariam engolir tudo isso, tentar fazer as pazes e procurar terminar o curso, ter um sonhado diploma europeu. Ou desistir de tudo... achar qualquer emprego, qualquer lugar pra morar... Ou voltar pro Brasil nesse período de crise, sem dinheiro e sem muita perspectiva?
Enfim, pra quem leu até aqui fica a lição: tentem ser independentes, donos dos seus próprios narizes e liberdade. O risco de depender de alguém é sempre alto... mais cedo ou mais tarde podem jogar isso na sua cara.
...
Resumo: moro na Europa com um homem rico e mais velho que me deu oportunidade de estudar. Tivemos um atrito bobo que desencadeou um conflito, ele é racista, me chamou de prostituto brasileiro. Já fiz metade do curso. Não sei se engulo e tento terminar os estudos ou se desisto de tudo.

UPDATE: Gente, obrigado por todas as mensagens! Eu já estava me preparando pra receber pedras aqui... porque na vida real recebi várias pedras por eu ser jovem, pobre e estar com um homem mais velho e rico. Mas de certa forma me impressionei por ninguém aqui ter me julgado.
O desfecho até agora: ficamos 2 dias sem conversar. No terceiro dia, ele veio pedir desculpas, disse que ele estava um pouco sob efeito de álcool, disse que entendi errado. Ele disse: EU FALEI QUE VC ""AGE""" COMO PROSTITUTO QUANDO APERTA MEUS MAMILOS, FALEI ISSO PORQUE NÃO GOSTO QUANDO VC FAZ ISSO. NÃO DISSE QUE VC ""É"" PROSTITUTO.
Ele disse que me conhece, sabe que não sou prostituto e não faria sentido ele dizer isso. Disse que entende que sou sensível com o uso da palavra "prostituto" por causa da minha nacionalidade e situação de estar com ele, mas que não foi intenção dele atacar esse ponto. Enfim... ele tentou se esquivar, contornar a linguagem pra forçar outro sentido, que o conflito tomou uma proporção descabida, disse que foi o álcool. Não colou muito na minha cabeça, mas pelo menos ele pediu desculpas e disse que sou parte da família dele e que meu futuro significa muito pra ele...
Eu só ouvi, fui meio frio, mas aceitei o pedido de desculpas. Ele é alemão, depois disso não nos abraçamos, não nos beijamos. O clima ainda está um pouco estranho, mas tudo pacífico e tranquilo.
Obrigado por todos os conselhos!
submitted by Silverwxyz to desabafos [link] [comments]


2020.09.20 09:06 Aryell_Emrys Um estudo multicêntrico de fase III randomizado, duplo-cego, controlado por placebo em adultos para determinar a segurança, eficácia e imunogenicidade de AZD1222, uma vacina de vetor ChAdOx1 não replicante, para a prevenção de COVID-19

O protocolo do estudo clinico da AstraZeneca nos EUA foi liberado.
" A Phase III Randomized, Double-blind, Placebo-controlled Multicenter Study in Adults to Determine the Safety, Efficacy, and Immunogenicity of AZD1222, a Non-replicating ChAdOx1 Vector Vaccine, for the Prevention of COVID-19 "
Este protocolo deve ser identico aos demais estudos conduzidos pela Univ. de Oxford (AZD1222 nos EUA é a mesma ChAdOx1 n19 da Oxford no UK e Brasil) exceto que nos EUA o estudo é duplo cego (double-blinded) e acho que no UK e Brasil ele é cego (observer single-blind).
É muito interessante, para quem quer entender como um estudo de fase III é conduzido: quantas pessoas, em que ponto se interrompe o ensaio, etc...
Seria muito bom, em nome da transparência, que as principais vacinas na Fase III, todas liberassem seus protocolos e, de certa forma, evitando que algum governo ou grupo de interesse venham a fazer declarações antecipadas sobre a eficácia de uma ou outra vacina.
Interessante notar que o estudo com 30 000 participantes contando o braço controle e o experimental será concluido, se e quando ocorrerem, 150 incidentes (participantes infectados) . Ou seja, 0.5% do total, suficientes para serem resultados estatisticamente significativos, sendo que 75 incidentes é o ponto intermediario de avaliação do estudo. O que não precisam necessariamente ser uma grande porcentagem do total com um estudo de 30.000 pessoas. 150 infecções divididas em dois grupos é suficientes para dar um intervalo de confiança bastante elevado sobre a eficácia da vacina contra o placebo.
Apenas para por em contexto, digamos por exemplo que esse estudo fosse feito em um estado brasileiro como o Amazonas (AM) que tem uma população de cerca de 4 milhões e pouco de pessoas e atualmente tem cerca de 1000 casos novos diários de Covid19 (provavelmente tem um pouco mais, creio que uns ~1200, arredondei para mil para facilitar as contas) . Se uma amostra de 4.000 pessoas tivessem sido selecionadas aleatoriamente no AM e metade recebido vacina e metade o placebo, levaria cerca de 1 mês para aparecerem 30 casos, ou 3 meses para aparecerem cerca de 100 casos. Assim um estudo desse tipo, com essa taxa de infecção, deveria demorar no minimo 5 a 6 meses. Tendo em vista que os testes similares no Brasil começaram antes e são feitos em profissionais da Saúde da linha de frente do tratamento de Covid19 e se espera uma taxa de infecçào um pouco mais alta, eu acredito que aqui será possível alcançar esse número de incidentes mais brevemente, ainda que o estudo continue por muito mais tempo o numero de incidentes minimo é suficinete para comparar vacina versus placebo e determinar sua eficacia.
Em tempo o protocolo da Pfizer também foi liberado: "PF-07302048 (Bnt162 RNA-Based Covid-19 Vaccines) Protocol C4591001page 1a Phase 1/2/3, Placebo-Controlled, Randomized, Observer-Blind, Dose-Finding Study To Evaluate The Safety, Tolerability, Immunogenicity, And Efficacy Of Sars-Cov-2rna Vaccine Candidates Against Covid-19 In Healthy Individuals"
A Moderna também abriu o seu: " A Phase 3, Randomized, Stratified, Observer-Blind, Placebo-Controlled Study to Evaluate the Efficacy, Safety, and Immunogenicity of mRNA-1273 SARS-CoV-2 Vaccine in Adults Aged 18 Years and Older. Protocol mRNA-1273-P301"
Notem bem esses são apenas os protocolos do estudo clinico. Não são resultados, é apenas para quem quiser saber como o estudo é feito. É mais facil encontrar informação fora do Brasil. Se alguém souber de protocolo similar para a CoronaVac, por favor me avisem.
submitted by Aryell_Emrys to coronabr [link] [comments]


2020.08.28 02:10 suddenhelper Qual o equivalente do diploma técnico nos estados unidos?

Vou terminar meu curso técnico no final do ano, mas não consigo encontrar o nome equivalente a esse nível de ensino. Alguém sabe qual o nome? Se possível, pode me deixar um link de algum lugar que mostra a equivalência dos níveis de educação do brasil para os EUA? obrigado
submitted by suddenhelper to brasil [link] [comments]


2020.08.27 19:52 RetiredWithMillions Tenho 18, qual a melhor maneira de começar?

Boas,
Vou tentar ser o mais direto possível.
Tenho 18 anos e quero aprender a investir, gerir e fazer dinheiro. O problema é que muito do que eu tenho aprendido apenas se aplica nos EUA. Todos os livros que li até agora (sempre em inglês) têm me sido muito úteis no sentido de moldar a minha mente para me tornar financially literate\* mas sinto que lá é bem diferente do que cá em Portugal.
Sinto que cá há muitas complicações e é bem mais difícil aprender a gerir e lucrar com diversos investimentos no nosso país.
O facto de que em Portugal é raro encontrar alguém que seja financially literate\ também não ajuda nada.* Com a minha idade sinto-me super isolado no que toca a esse assunto, é complicado encontrar alguém da minha idade com quem eu possa falar e aprender sobre como investir e fazer dinheiro cá (daí ter entrado agora nesta comunidade).
Também não é nada fácil encontrar um mentor que perceba destas coisas e que realmente te queira ajudar (sem te ir à carteira). Visto que ninguém da minha família percebe disto e que me dão aqueles olhares de como se eu estivesse louco cada vez que toco nestes assuntos, também não posso recorrer a eles.
Portanto vim aqui pedir dicas e conselhos de por onde devo começar, por exemplo:
Todo esse tipo de dicas que me possam ajudar a crescer neste assunto onde grande parte dos portugueses não está nem aí. Eu não quero ser como eles, pois eles não vivem, eles sobrevivem.
Sei que é complicado mas tenho também a certeza que é possível, basta termos a determinação e conhecimentos on point .
Espero puder crescer com todos vocês, agradeço desde já pela atenção prestada!

*financially literate: indivíduo que compreende e aplica com eficácia várias habilidades financeiras, incluindo gestão financeira pessoal, orçamento e investimentos.
submitted by RetiredWithMillions to financaspessoaispt [link] [comments]


2020.08.22 03:36 RagingRope Pq é que é quase impossível pedir nacionalidade Portuguesa como descendente

Pq é que é quase impossível pedir nacionalidade Portuguesa como descendente
Bom dia,
Isto é quase mais um mini-rant do que uma pergunta, mas primeiro algum contexto.
Nasci nos EUA e sou filho de português, e estou em cá Portugal como turista (e pra renovar o meu visto). Iniciei o processo de pedir a cidadania há mais do que um ano, pedindo cidadania como descendente.
  1. O consulado Português da minha zona dos EUA já não aceita pedidos da cidadania. Mas, ao mesmo tempo não posso pedir a um concelado que não é da minha região.
Tinha boa sorte. Já ia-me mudar pra cá, mais vale tentar em Portugal em si. (Mas que se fodem os filhos de Portugueses sem dinheiro para voar 8,500KM e ficar cá vários meses, né?)
  1. A informação online é confusa e difícil de encontrar.
Muitas vezes só está disponível em Português com letra técnica. Algo que luso-descendentes que até falem português vão ter dificuldade a entender sem fazer a educação cá.
  1. Não há coordenação nenhuma entre os Registos e consulados.
Os Registos ainda pedem que papeis sejam certificados por um consulado quando eles já não fazem isso há anos.
  1. É extremamente difícil contactar os Registos.
Só há uns poucos Registos com balcões de nacionalidade. E depois de iniciares o processo com um, só podes contactar esse balcão para informação. Eu fiz com os Registos centrais. Antes do COVID, havia uma filha com 75 pessoas já 40 minutos antes de abrir, e estavam cheios para o resto do dia entre 10 minutos depois de abrir.
Agora com COVID só podes ir lá com um agendamento. O próximo tempo disponível? Em dezembro. Se eu estava cá como turista, o meus 3 meses de estar aqui há espera já tinham expirado.
O! Mas espera! Podes telefonar aos Centrais e enviar um Email! Espera.... já falo sobre isso.
  1. Incompetência completa.
Depois de esperar um ano recebi um email um mês atrás. (O segundo email que já recebi sobre o processo. O primeiro foi há 5 meses a confirmar que receberam mais do que 6 ou 7 meses depois de enviá-los a papelada) O meu pedido foi posto em pausa. Querem mais informação, e se não recebem entre 6 meses o pedido vai ser rejeitado.
Ok. O que querem?
QUEREM QUE A MINHA CERTIDÃO DE NASCIMENTO TENHA UM DECLARANTE.
Não há declarantes nas certidões no estado onde nasci.
Telefono. Nada. Diz que há pessoas de mais na filha de espera. Telefono mais do que 10 vezes ao longo do mês. Nada, sempre nada. Tento enviar um email aos centrais, e reparo que eles nem responderam ao meu email de há 4 meses sobre um número no meu endreço estar irado. Envio há mesma, duas vezes. 3 semanas depois, ainda nada. Envio emails aos outros balcões em Portugal. Eles dizem para falar com os Centrais.
Finalmente reparo que há um número que não está listado online no rodapé de um dos emails. Telefono. É como se deus respondeu. "Boa tarde, conservatória dos registos incompetentes" "A, o senhor tem que telefonar ao número principal para ajuda com assuntos" "É assim, se há mais do que 100 pessoas na filha de espera, diz que..."
https://preview.redd.it/q3yp1z6wegi51.jpg?width=354&format=pjpg&auto=webp&s=e2594740e3686912337de04d787c8f7c90ad1706
Telefono ao número ofícial mais uma vez. Na melhor sorte da minha vida, o robo dos centrais não me rejeita. 1-2 horas depois finalmente falo com alguém e explico a minha situação. Vai mais ou menos assim.
"Tem que ter um declarante"
Isso não existe lá, como podem pedir algo que obviamente não existe lá
"Tem que ter, pede uma cópia do livro de nascimentos"
Estamos em o que? No século MDC? Pedes cópias oficiais online, e o meu é oficial. Simplesmente declarantes não existem.
Posso ter o meu pai assinar uma carta notorizada dizer que sou o filho dele
"Não, tem que pedir uma certidão oficial..."
Mas isso não existe lá, é possível continuar com o processo sem isso
"Nós não temos poder de diçizão, vai ter que falhar com os Centrais diretamente por email ou por um agendamento em pessoa"
Então quem são vocês...? Se envio um email só vai ser resposto depois do processo ser rejeitado em 6 meses, e em Dezembro só vou ter 1 mês pra tratar da merda que eles vão quer. E visto como tudo é lento, incorreto, e difícil de encontrar, não vejo como isto seja possível.

Agora vem a minha pergunta. Como é que o país que precisa que a população não decresce mais do que sempre, o país que supostamente faz tão fácil (comparado com outros europeus) para imigrar que ucranianos vêm do outro lado da Europa, o país que até tem um programa dedicado a regressar para portugal faz quase impossível para nós conseguimos nacionalidade portuguesa? E alguém conhece uma maneira mais fácil de lidar com isto?
submitted by RagingRope to portugal [link] [comments]


2020.08.13 13:06 R_DiasOficial Um Resumo Histórico dos Candidatos Presidenciais Democratas

"O partido dos pobres e oprimidos escolhe pessoas ricas e opressoras para a presidência."

Kamala Devi Harris. 55 anos. É polícia desde 1990 e está em posição de poder político desde 2003.

Eleger uma pessoa que pertence às forças polícias na altura em que as tensões raciais estão no seu pico não foi a melhor decisão do partido democrata. Ao contrário do consenso geral, ao longo dos anos a Kamala Harris veio a revelar ser o estereótipo perfeito de um polícia que abusa do seu poder, o que agrava um pouco a situação. É a mulher que mantinha os prisioneiros por um tempo superior ao das suas sentenças para obter mão-de-obra barata, e que prendia os pais das crianças que faltam as aulas, e ainda se ria na cara deles.
É uma pessoa que sempre defendeu ideias políticas controversas como o aborto até o parto, a pena de morte, baixar a idade de voto para 16 anos, ou a Affirmitive Action (uma política de discriminação racial que permite que pessoas Afro-Americanas possam entrar na universidade com notas inferiores à de pessoas brancas, enquanto que os Asiáticos precisam de ter notas superiores à de pessoas brancas. Ao contrário do que parece à primeira vista, esta medida veio contribuir negativamente na comunidade Afro-Americana).
É, também, uma mulher meia Indiana e meia Jamaicana, porém quando é convincente passa por Afro-Americana. Isto torna-se ainda mais controverso uma vez que certamente que beneficiou da escravatura praticada pelos seus antepassados, como o pai dela tanto se gosta de gabar. (É engraçado o facto de o Snopes classificar isto como "unverified". Bastava irem perguntar ao pai dela que ele não teria problema nenhum em confirmar, mas isso iria contra a narrativa... )
Também foi apanhada várias vezes a fingir ser alguém que não é, de modo a apelar aos votos de uma certa demografia. Por exemplo quando disse que fumava erva a ouvir o Snopp Dogg e o 2Pac enquanto andava na faculdade, porém nessa altura eles não existiam. Ou quando disse que o 2Pac era o seu rapper favorito vivo.

Joseph Robinette Biden. 77 anos. Está numa posição de poder político desde 1969 (ou desde 1840, segundo ele) e possui o apoio eleitoral da China, do Irão e do Bin Laden.

Tal como a Kamala, o seu passado também não é muito animador.
É mais conhecido pela sua War on Drugs que contribuiu para o encarceramento em massa de Afro-Americanos por cometerem pequenas infrações relacionadas com drogas.
Também é muito famoso por, de vez em quando, dizer frases do tipo:
É ainda o homem que, por mais irónico que seja, declarou Donald Trump como o primeiro presidente racista. Olhando para o passado do Biden, não será errado concluir que ele deve considerar os presidentes que possuíam escravos como "não racistas".
O seu historial cognitivo também não é dos melhores. Diz estar com pessoas que nunca esteve, em locais que não existem, a fazer coisas que não fez.
Tem acesso às perguntas antes das entrevistas e inclusive lê as respostas a partir de um teleponto. (Exemplo 1); (Exemplo 2); (Exemplo 3); (Exemplo 4); (Exemplo 5)
Mas quando não tem diz que escolhem a verdade em vez dos factos, seja lá o que isso quer dizer. Confunde a mulher com a irmã. Cria frases sem qualquer sentido. Afirma que sempre foi contra a NAFTA, mas há provas de que votou a favor.. Mete o despacito a tocar no seu iPhone e põem-se a dancar num evento de hispânicos para combater o facto de eles apoiarem, maioritariamente, o Donald Trump. Num momento diz que está constantemente a realizar testes cognitivos, no outro diz que nunca fez um teste desse tipo e pergunta ao entrevistador Afro-Americano se ele é algum drogado viciado em cocaína.
Tem um problema com números: Diz que já morreram 120 milhões de pessoas nos EUA por COVID e recentemente corrigiu para 200 milhões, dos quais 6000 eram militares (quando o número verdadeiro é 7) e que metade da população norte americana foi morta por armas.
E depois também há o problema que ele tem de cheirar o cabelo, tocar de forma inapropriada e beijar mulheres na boca sem o seu consentimento. Uma dessas mulheres é a sua neta adolescente e as restantes são outras crianças que ele não conhece de lado nenhum.
Possui um caso de violação pendente, e inclusive a candidata a vice presidente, Kamala Harris, afirmou que acredita nas vítimas do Biden.
Por fim, ambos os candidatos democratas apoiam e apelidaram as manifestações que levaram a mais de 20 mortes, 900 ferimentos e mil milhões de dólares em danos como "protestos pacíficos" e andam a pagar para libertar esses criminosos (inclusive libertaram um pedófilo que penetrou uma criança).

Este post é apenas um pequeno excerto do passado destas pessoas. Com um pouco mais de investigação, é possível encontrar inúmeros outros fatores.

Obs: Decidi falar sobre a Kamala Harris em primeiro lugar uma vez que se o Donald Trump perder as eleições de 2020, quem irá ser o Presidente vai ser ela, e não o Joe Biden. Ele é o cadáver andante que o partido democrata está desejoso de se ver livre, assim que já não precisarem de o usar.
submitted by R_DiasOficial to portugueses [link] [comments]


2020.07.16 16:24 fobygrassman SITE DE TRAIÇÃO Nº1 DO BRASIL

SITE DE TRAIÇÃO Nº1 DO BRASIL
Encontre um traidor brasileiro em menos de 2 horas, garantido! Rápido, fácil e grátis
Aprenda a Aproveitar os Melhores Sites de Traição do Brasil De uma dona de casa traidora real.
Quando você está em um site de traição, deseja basicamente quatro coisas:
  1. Discrição
  2. Um grande banco de dados de traidores para escolher
  3. Uma forte presença feminina no site de triação
  4. Facilidade de uso.
Embora muitos sites de triação possam fornecer os itens 1 e 4, o verdadeiro truque é encontrar um site estabelecido e ativo com traidoras reais. Felizmente, Ashley Madison fornece todos os quatro!
Discrição Ashley Madison inovou algumas das melhores ferramentas de discrição conhecidas para sites de traição
Você não precisa confirmar seu e-mail para se inscrever, o que lhe dá uma negação plausível "Querida, alguém deve ter usado meu e-mail para se inscrever"
Você pode usar o assistente de fotos patenteado para tornar suas fotos mais discretas adicionando máscaras, desfoque ou recorte.
Você pode criar uma galeria privada para suas fotos mais arriscadas e conceder e revogar o acesso aos usuários.
Eles têm um botão de pânico. Se você estiver navegando na Ashley Madison e alguém entrar, basta clicar no botão de pânico no canto superior direito e você será imediatamente levado ao Google.com
Cobrança privada. Se você decidir atualizar e tirar proveito de tudo o que Ashley Madison tem a oferecer, pode ter certeza de que o nome "Ashley Madison" não aparecerá em nenhuma fatura ou extrato. Ashley Madison usa uma empresa terceirizada com um nome seguro e despretensioso.
Grande Base de Usuários Ashley Madison foi lançada no Brasil em 2010 e adicionou quase 2.000.000 de traidores brasileiros e espera acrescentar outros 1.000.000 até 2020.
Desde a sua criação, já reuniram mais de 50.000.000 de usuários em todo o mundo. Isso faz da Ashley Madison um dos sites de namoro mais visitados do mundo. Não apenas site de triacao, mas de namoro em geral. Isso permite que você encontre um parceiro para um caso em praticamente qualquer país do mundo. Então, se você estiver viajando ou quiser apenas encontrar um parceiro para um caso virtual da Suécia, América, Colômbia ou Alemanha, poderá fazê-lo no Ashley Madison melhor do que em qualquer outro site de traiçao.
Grande Presença Feminina As mulheres podem participar e usar todos os recursos de Ashley Madison 100% de graça.
Isso ajuda a equilibrar a proporção de homens / mulheres no site.
Enquanto 60% das inscrições no Brasil são homens, apenas 10% dessas inscrições se tornam usuários ativos.
Dos 40% das inscrições femininas, 50% se tornam usuárias ativas porque podem fazê-lo 100% gratuitamente.
Também desde o hack da Ashley Madison em 2015, o governo americano e as autoridades reguladoras exigiram a remoção imediata de todos os "bot" da Ashley Madison como parte de um acordo para continuar as operações nos EUA e no exterior.
Isso fez três coisas: 1. Os usuários podem ter certeza de que não há bots ou usuários falsos
  1. Ashley Madison monitora ativamente o site em busca de fraudes, usuários falsos e bots
  2. Ashley Madison investiu esforço e dinheiro consideráveis na condução de traidoras para o site, ao contrário de muitos outros sites de traição.
Facilidade de Uso TNenhum outro site de traição investiu mais dinheiro e pesquisa em experiências de usuários como Ashley Madison. Você pode esperar a mesma facilidade de uso que o Facebook ou o Badoo na Ashley Madison. Da inscrição à pesquisa, ao bate-papo e ao encontro.
TAshley Madison também é responsiva e funciona igualmente bem no seu dispositivo móvel ou tablet.
TPor todas essas razões e mais, recomendamos a Ashley Madison como nosso site de traição # 1.
TPara obter mais informações sobre como obter sucesso na Ashley Madison, consulte nossas:
Melhores dicas para homens & melhores dicas para mulheres
TIsso certamente dará a você uma vantagem contra a competição e ajudará a encontrar uma traidora em menos de 1 dia.
Experimente Ashley Madison 100% Grátis e Viva com paixão, sem arrependimento!
submitted by fobygrassman to site_de_traicao [link] [comments]


2020.05.05 11:54 ThorDansLaCroix Minha perspectiva em favor a Renda Basica Universal.

Antes de tudo eu quero dizer (aparentemente tenho que dizer) que minhas opiniões, deduções e informacoes nao sao levadas como absolutistas por mim. Caso contrário eu não estaria perdendo tempo apresentando e conversando com pessoas com perspectivas diferentes e divergentes. Dito isso:
Enquanto a maioria dos apoiadores mais eloquente do capitalismo dizem que a Renda Básica é socialismo (ou seja, dizem ser contra), a sociedade sempre emergiu ao protocapitalismo, liberdade, conhecimento, democracia e desenvolvimento quando a riqueza foi distribuída "gratuitamente" à população.
Eu vou citar alguns exemplos que tenho e então vcs me corrigem se tiverem algo para enriquecer o debate.
A China, o maior império asiático no passado, era uma sociedade que desenvolveu grandes tecnologias para sua época, comércio, indústrias, arquitetura e uma de suas principais características era o fato de as pessoas receberem terra (e sementes quando havia desastres naturais). Obviamente o governo saia ganhando pq no lugar de deixar uma pessoa pobre, improdutiva pedindo esmolas na rua e provavelmente cometendo crimes, dando o acesso a terra a pessoa ou família não só passa a ser produtiva para a sociedade mas também paga impostos.
Agora, vamos para a Grécia:
"A maior objeção dos oponentes da Renda Básica Universal é com argumento que as pessoas são intrinsecamente preguiçosas e desonradas. Dizem que quando o dinheiro é distribuído de graça, todos ficam sentados e param de trabalhar até o colapso do sistema. [...] acontece que a Grécia Antiga é um exemplo fantástico do que acontece em uma sociedade que dotou seus membros de abundância e direito. [...]
No mundo pré-moderno de uma típica cidade-estado grega, a terra era o recurso mais importante, a chave para o sustento e a segurança. A maioria das cidades-estados gregas distribuiu terras para a população de maneira a apoiar o maior número possível de famílias independentes e autossustentáveis. A democracia ateniense, que se destacava por seus extensos programas sociais, fornecia subsídios para jogos, teatro e grãos para tornar a vida mais agradável e digna. Essa vida "agradável", no entanto, não gerou um bastião de indivíduos preguiçosos que estavam inclinados a fazer o mínimo possível.
Uma das características mais marcantes da Grécia antiga é o alto nível de ação voluntária e auto-organizada. A típica cidade-estado grega não mantinha um exército ou burocracia profissional. Os cidadãos, além de administrar os assuntos locais em suas aldeias e bairros, também lutaram em batalhas e administraram o governo sem incentivo financeiro ou desespero (o pagamento de subsídios para hoplites e jurados foi introduzido em Atenas apenas para aumentar a participação dos pobres). Em Atenas, onde as pessoas tinham muita liberdade para fazer o que desejavam, a filosofia e as artes floresceram, deixando-nos uma coleção inestimável dos clássicos. De fato, temos boas evidências de um velho em particular que passava muitos dias conversando com amigos e transeuntes, em vez de provar seu valor trabalhando duro e incessantemente em seu trabalho. Caso você queira saber o nome desse "parasita", era Sócrates.
Sob um sistema que reduzia a escassez e a concorrência e aumentava a abundância e o lazer, os gregos não se tornavam apáticos e ambiciosos. Pelo contrário, nenhuma outra pessoa era tão competitiva e gostava de excelência quanto os gregos. A diferença é que, uma vez que não precisavam mais se preocupar com as necessidades básicas, canalizavam a maior parte de sua energia em competições de atletismo, criatividade e serviço público. Essas competições agonísticas de atividades não materiais enriquecem e reúnem a comunidade em vez de estabelecer "perdedores" para punição ".
https://economic-historian.com/2019/04/the-time-for-universal-basic-income-has-come/
Uma coisa que falta na citação acima é a questão da sociedade grega (pelo menos entre as famílias mais ricas) eram os escravos que faziam o trabalho quem não queriam fazer, e esse eh um dos principais motivos dos cidadãos terem tanto tempo sobrando. Mas eu volto a essa questão mais a frente.
Iluminismo e desenvolvimento do capitalismo ocidental.
A principal característica do desenvolvimento da sociedade capitalista após a Idade Média foi a emancipação dos camponeses. Note: onde eles emanciparam primeiro é onde a democracia e o capitalismo se desenvolveram primeiro e mais mais rápido.
E uma das principais características da emancipação dos camponeses na Europa Ocidental era o fato de poderem manter a terra para si onde sua família trabalha há gerações (e pertenciam antes a um proprietário feudal). As terras que antes tinham que ser protegida pelos seus proprietários e que por isso mantinham um exército privado, agora passa a ser protegido pela Nação-estado e seu exército/polícia, permitindo que pequenos e médios agricultores emancipados tivessem suas terras seguras. (Ver Origens do Totalitarismo por Hannah Arendt).
Na Europa Oriental, os camponeses não mantinham a terra para si mesmos e foram emancipados muito mais tarde; assim, a democracia e o capitalismo também se desenvolveram mais tarde e os antigos senhores feudais se tornaram os poderosos políticos no Estado-Nação. (O que eu suponho que tenha algumas semelhanças com o que aconteceu no Brasil).
A era colonial
É muito clara a diferença de desenvolvimento social, político e econômico entre os países onde a terra foi distribuída às famílias (como nos EUA, Austrália e no Canadá), comparado com onde enormes quantidades de terras foram dada a alguns amigos do Rei e ao restante da população (a maioria) eram trabalhadores sem terra própria (como nas colônias espanhola e portuguesa).
Hoje em dia
Regiões na América do Sul, onde houve certa distribuição de terras para a população no passado (especialmente para os pobres), são as regiões onde tendeu um melhor desenvolvimento político, social e econômico.
Adivinhe quais são as principais características de um declínio da sociedade? O que causou o declínio da sociedade grega, chinesa, romana e o que aparentemente está causando as crises sócio-político-econômico de hoje é a concentração de riqueza nas mãos de poucos, sem o acesso da população a tais. Basta olhar para a Idade Média, onde a população teve que trabalhar na terra de poderosos proprietários. Ou hoje nos países pobres e em desenvolvimento em que a maioria da população mal beira a classe média. E mesmo nos países desenvolvidos hoje em que os salários estão estagnados a aproximadamente 40 anos.
Eu falei antes que eu iria voltar a questão da escravidão que estava engrenada na característica social, cultural e econômica da Grécia e Roma. Ao meu ver, da mesma forma que a consolidação da doutrina do trabalho (ver a Ética protestante e o Espírito do Capitalismo de Max Weber) foi uma as coisas mais importante para abolir a escravidão, eu suponho que a automação propicia a abolição da doutrina do trabalho, pq ambos nao tem como se desenvolverem juntos a não ser com pesados subsídios industriais e agrícolas junto com o dumping comercial para manter empregos, como acontece nos países desenvolvidos. Entao pq nao acabar com a doutrina do trabalho e parar de injetar dinheiro a empresas para produzirem além de uma demanda existente, o que faz com que governos tenham que criar demandas artificialmente com mais dinheiro a ser investido em projetos de especulação urbana desnecessária, além de dumping comercial que prejudica imensamente os países mais pobres, e simplesmente coloca esse dinheiro diretamente na mão dos cidadãos, para criar uma demanda real e uma produção real a uma demanda (o que muito provavelmente acabará ou amenizar as bolhas e crises econômicas que vem sendo tão frequente, e os conflitos entre nações para ganhar o mercado um do outro para dumping comercial.
"Fascinante como definimos independência como sendo fazer coisas para outra pessoa por dinheiro. Contanto que possamos encontrar alguém para nos pagar, somos auto-suficientes. Isso é na verdade uma dependência de outras pessoas. Todos dependemos de clientes de alguma forma. Clientes são os verdadeiros criadores de emprego e a Renda Universal os criaria.
Quando você trabalha por conta própria ou é dono de seu próprio negócio, o que vc se importa é os clientes e o que você não liga é a origem do dinheiro deles. Ninguém pergunta se seus clientes "trabalharam" pelo dinheiro antes de aceitá-lo. O que importa é que eles têm dinheiro para serem clientes. " Twitter @scottsatens
Eu penso que as pessoas com uma renda básica vai continuar trabalhando. Seja para ajudar a sua comunidade tal como foi por muito tempo a cultura americana, em que os cidadãos do bairro ajudam a reformar a escola, a igreja, a biblioteca e prezam pelo trabalho voluntário. E mesmo hoje, durante a quarentena, tem pais dando aulas as crianças de seus vizinhos no quintal, como forma de trabalho social voluntário, e essa eh a verdadeira raiz patriótica Americana que muitos brasileiros que batem continência a bandeira Americana não carregam como princípio, pq nos países em que o auto determinismo foi mais limitado à população pela falta de acesso à riqueza (terras), ser servido e não servir passou a ser o simbólico do sucesso.
Mas o que eu quero dizer com tudo isso, é que as pessoas tendo a opção de nao servir e escolher a quem servir, buscando as melhores condições de trabalho e sentido em seu trabalho, que passa a ser não o dinheiro para sobreviver mas sim ao trabalho procreativo social, empresas em geral terão que oferecer as melhores condições ou serão obrigadas a investir em automação o quanto possível. E eu vejo isso como positivo.
Portanto, dar dinheiro de graça, como era a terra no passado, é o que desenvolve uma sociedade com melhor cultura política, economia, melhor participação social e melhor capitalismo.
Eu nao ligo qual sistema econômico vivemos desde que o sistema consiga se adaptar a simbiose social e tecnológica, ao invés de estagnar tal sociedade por falta de capacidade adaptativa. Até mesmo pq todo sistema cai naturalmente quando não se adapta a sociedade que está sempre em constante transformação.
Eu penso que eh por isso mesmo mais e mais pessoas que defendem o capitalismo estão começando a defender a implementação da Renda básica Universal (veja o Andrew Jang por exemplo). Pq sabem que não podemos fingir que ainda estamos no século XX em um sistema estagnado que só causará decadência e colapso social. E penso que muita gente se torna conservadora com medo que tais mudancas levem a outro sistema (ou para ser mais espeficico, com medo e acresitando que mudancas irao levar ao socialismo/comunismo).
Observacao: Como sempre e mais uma vez, estou apresentando a minha perspectiva para obter as observações que possam corrigir ou agregar algo, para melhor entender as coisas e as pessoas. E como sempre eu sei que tem muita gente que ficará ofendida e estressada por discordar de algo. Então antes de responder no impulso emotivo com ad hominem e ofensas, talvez ganhem o conforto emocional do apoio de alguns, mas a mim e a discussão tais atitudes tóxicas apenas servem para empobrecer o ambiente e confirmar o despreparo em lidar com as próprias frustrações.
submitted by ThorDansLaCroix to brasilivre [link] [comments]


2020.05.05 11:38 ThorDansLaCroix Meu ponto de vista em favor a Renda Basica Universal.

Antes de tudo eu quero dizer (aparentemente tenho que dizer) que minhas opiniões, deduções e informacoes nao sao levadas como absolutistas por mim. Caso contrário eu não estaria perdendo tempo apresentando e conversando com pessoas com perspectivas diferentes e divergentes. Dito isso:
Enquanto a maioria dos apoiadores mais eloquente do capitalismo dizem que a Renda Básica é socialismo (ou seja, dizem ser contra), a sociedade sempre emergiu ao protocapitalismo, liberdade, conhecimento, democracia e desenvolvimento quando a riqueza foi distribuída "gratuitamente" à população.
Eu vou citar alguns exemplos que tenho e então vcs me corrigem se tiverem algo para enriquecer o debate.
A China, o maior império asiático no passado, era uma sociedade que desenvolveu grandes tecnologias para sua época, comércio, indústrias, arquitetura e uma de suas principais características era o fato de as pessoas receberem terra (e sementes quando havia desastres naturais). Obviamente o governo saia ganhando pq no lugar de deixar uma pessoa pobre, improdutiva pedindo esmolas na rua e provavelmente cometendo crimes, dando o acesso a terra a pessoa ou família não só passa a ser produtiva para a sociedade mas também paga impostos.
Agora, vamos para a Grécia:
"A maior objeção dos oponentes da Renda Básica Universal é com argumento que as pessoas são intrinsecamente preguiçosas e desonradas. Dizem que quando o dinheiro é distribuído de graça, todos ficam sentados e param de trabalhar até o colapso do sistema. [...] acontece que a Grécia Antiga é um exemplo fantástico do que acontece em uma sociedade que dotou seus membros de abundância e direito. [...]
No mundo pré-moderno de uma típica cidade-estado grega, a terra era o recurso mais importante, a chave para o sustento e a segurança. A maioria das cidades-estados gregas distribuiu terras para a população de maneira a apoiar o maior número possível de famílias independentes e autossustentáveis. A democracia ateniense, que se destacava por seus extensos programas sociais, fornecia subsídios para jogos, teatro e grãos para tornar a vida mais agradável e digna. Essa vida "agradável", no entanto, não gerou um bastião de indivíduos preguiçosos que estavam inclinados a fazer o mínimo possível.
Uma das características mais marcantes da Grécia antiga é o alto nível de ação voluntária e auto-organizada. A típica cidade-estado grega não mantinha um exército ou burocracia profissional. Os cidadãos, além de administrar os assuntos locais em suas aldeias e bairros, também lutaram em batalhas e administraram o governo sem incentivo financeiro ou desespero (o pagamento de subsídios para hoplites e jurados foi introduzido em Atenas apenas para aumentar a participação dos pobres). Em Atenas, onde as pessoas tinham muita liberdade para fazer o que desejavam, a filosofia e as artes floresceram, deixando-nos uma coleção inestimável dos clássicos. De fato, temos boas evidências de um velho em particular que passava muitos dias conversando com amigos e transeuntes, em vez de provar seu valor trabalhando duro e incessantemente em seu trabalho. Caso você queira saber o nome desse "parasita", era Sócrates.
Sob um sistema que reduzia a escassez e a concorrência e aumentava a abundância e o lazer, os gregos não se tornavam apáticos e ambiciosos. Pelo contrário, nenhuma outra pessoa era tão competitiva e gostava de excelência quanto os gregos. A diferença é que, uma vez que não precisavam mais se preocupar com as necessidades básicas, canalizavam a maior parte de sua energia em competições de atletismo, criatividade e serviço público. Essas competições agonísticas de atividades não materiais enriquecem e reúnem a comunidade em vez de estabelecer "perdedores" para punição ".
https://economic-historian.com/2019/04/the-time-for-universal-basic-income-has-come/
Uma coisa que falta na citação acima é a questão da sociedade grega (pelo menos entre as famílias mais ricas) eram os escravos que faziam o trabalho quem não queriam fazer, e esse eh um dos principais motivos dos cidadãos terem tanto tempo sobrando. Mas eu volto a essa questão mais a frente.
Iluminismo e desenvolvimento do capitalismo ocidental.
A principal característica do desenvolvimento da sociedade capitalista após a Idade Média foi a emancipação dos camponeses. Note: onde eles emanciparam primeiro é onde a democracia e o capitalismo se desenvolveram primeiro e mais mais rápido.
E uma das principais características da emancipação dos camponeses na Europa Ocidental era o fato de poderem manter a terra para si onde sua família trabalha há gerações (e pertenciam antes a um proprietário feudal). As terras que antes tinham que ser protegida pelos seus proprietários e que por isso mantinham um exército privado, agora passa a ser protegido pela Nação-estado e seu exército/polícia, permitindo que pequenos e médios agricultores emancipados tivessem suas terras seguras. (Ver Origens do Totalitarismo por Hannah Arendt).
Na Europa Oriental, os camponeses não mantinham a terra para si mesmos e foram emancipados muito mais tarde; assim, a democracia e o capitalismo também se desenvolveram mais tarde e os antigos senhores feudais se tornaram os poderosos políticos no Estado-Nação. (O que eu suponho que tenha algumas semelhanças com o que aconteceu no Brasil).
A era colonial
É muito clara a diferença de desenvolvimento social, político e econômico entre os países onde a terra foi distribuída às famílias (como nos EUA, Austrália e no Canadá), comparado com onde enormes quantidades de terras foram dada a alguns amigos do Rei e ao restante da população (a maioria) eram trabalhadores sem terra própria (como nas colônias espanhola e portuguesa).
Hoje em dia
Regiões na América do Sul, onde houve certa distribuição de terras para a população no passado (especialmente para os pobres), são as regiões onde tendeu um melhor desenvolvimento político, social e econômico.
Adivinhe quais são as principais características de um declínio da sociedade? O que causou o declínio da sociedade grega, chinesa, romana e o que aparentemente está causando as crises sócio-político-econômico de hoje é a concentração de riqueza nas mãos de poucos, sem o acesso da população a tais. Basta olhar para a Idade Média, onde a população teve que trabalhar na terra de poderosos proprietários. Ou hoje nos países pobres e em desenvolvimento em que a maioria da população mal beira a classe média. E mesmo nos países desenvolvidos hoje em que os salários estão estagnados a aproximadamente 40 anos.
Eu falei antes que eu iria voltar a questão da escravidão que estava engrenada na característica social, cultural e econômica da Grécia e Roma. Ao meu ver, da mesma forma que a consolidação da doutrina do trabalho (ver a Ética protestante e o Espírito do Capitalismo de Max Weber) foi uma as coisas mais importante para abolir a escravidão, eu suponho que a automação propicia a abolição da doutrina do trabalho, pq ambos nao tem como se desenvolverem juntos a não ser com pesados subsídios industriais e agrícolas junto com o dumping comercial para manter empregos, como acontece nos países desenvolvidos. Entao pq nao acabar com a doutrina do trabalho e parar de injetar dinheiro a empresas para produzirem além de uma demanda existente, o que faz com que governos tenham que criar demandas artificialmente com mais dinheiro a ser investido em projetos de especulação urbana desnecessária, além de dumping comercial que prejudica imensamente os países mais pobres, e simplesmente coloca esse dinheiro diretamente na mão dos cidadãos, para criar uma demanda real e uma produção real a uma demanda (o que muito provavelmente acabará ou amenizar as bolhas e crises econômicas que vem sendo tão frequente, e os conflitos entre nações para ganhar o mercado um do outro para dumping comercial.
"Fascinante como definimos independência como sendo fazer coisas para outra pessoa por dinheiro. Contanto que possamos encontrar alguém para nos pagar, somos auto-suficientes. Isso é na verdade uma dependência de outras pessoas. Todos dependemos de clientes de alguma forma. Clientes são os verdadeiros criadores de emprego e a Renda Universal os criaria.
Quando você trabalha por conta própria ou é dono de seu próprio negócio, o que vc se importa é os clientes e o que você não liga é a origem do dinheiro deles. Ninguém pergunta se seus clientes "trabalharam" pelo dinheiro antes de aceitá-lo. O que importa é que eles têm dinheiro para serem clientes. " Twitter @scottsatens
Eu penso que as pessoas com uma renda básica vai continuar trabalhando. Seja para ajudar a sua comunidade tal como foi por muito tempo a cultura americana, em que os cidadãos do bairro ajudam a reformar a escola, a igreja, a biblioteca e prezam pelo trabalho voluntário. E mesmo hoje, durante a quarentena, tem pais dando aulas as crianças de seus vizinhos no quintal, como forma de trabalho social voluntário, e essa eh a verdadeira raiz patriótica Americana que muitos brasileiros que batem continência a bandeira Americana não carregam como princípio, pq nos países em que o auto determinismo foi mais limitado à população pela falta de acesso à riqueza (terras), ser servido e não servir passou a ser o simbólico do sucesso.
Mas o que eu quero dizer com tudo isso, é que as pessoas tendo a opção de nao servir e escolher a quem servir, buscando as melhores condições de trabalho e sentido em seu trabalho, que passa a ser não o dinheiro para sobreviver mas sim ao trabalho procreativo social, empresas em geral terão que oferecer as melhores condições ou serão obrigadas a investir em automação o quanto possível. E eu vejo isso como positivo.
Portanto, dar dinheiro de graça, como era a terra no passado, é o que desenvolve uma sociedade com melhor cultura política, economia, melhor participação social e melhor capitalismo.
Eu nao ligo qual sistema econômico vivemos desde que o sistema consiga se adaptar a simbiose social e tecnológica, ao invés de estagnar tal sociedade por falta de capacidade adaptativa. Até mesmo pq todo sistema cai naturalmente quando não se adapta a sociedade que está sempre em constante transformação.
Eu penso que eh por isso mesmo mais e mais pessoas que defendem o capitalismo estão começando a defender a implementação da Renda básica Universal (veja o Andrew Jang por exemplo). Pq sabem que não podemos fingir que ainda estamos no século XX em um sistema estagnado que só causará decadência e colapso social. E penso que muita gente se torna conservadora com medo que tais mudancas levem a outro sistema (ou para ser mais espeficico, com medo e acresitando que mudancas irao levar ao socialismo/comunismo).
Observacao: Como sempre e mais uma vez, estou apresentando a minha perspectiva para obter as observações que possam corrigir ou agregar algo, para melhor entender as coisas e as pessoas. E como sempre eu sei que tem muita gente que ficará ofendida e estressada por discordar de algo. Então antes de responder no impulso emotivo com ad hominem e ofensas, talvez ganhem o conforto emocional do apoio de alguns, mas a mim e a discussão tais atitudes tóxicas apenas servem para empobrecer o ambiente e confirmar o despreparo em lidar com as próprias frustrações.
submitted by ThorDansLaCroix to brasil [link] [comments]


2020.03.30 15:37 SamuraiBrz COVID-19: stress, ansiedade e incertezas

Meu post não é um desabafo, mas uma tentativa de dar uma resposta mais organizada e completa em relação a dicas que eu tenho passado aqui para várias pessoas. Espero que não tenha problema.
TLDR: Dicas baseadas na minha experiência sobre como lidar com o lado psicológico dessa crise, incluindo coisas como meditação que eu sempre recomendo aqui.
Link pra quem quiser acessar no site (acabei de criar pra facilitar o uso futuro do texto, espero que esteja funcionando): https://sites.google.com/fco.net.barquivo-de-pensamentos/in%C3%ADcio
____________________
Minhas dicas de como lidar com stress e ansiedade
A crise atual do coronavírus (COVID-19) já está afetando o estado emocional e mental de muita gente, e a situação deve ainda permanecer preocupante por um tempo.

Por conta disso, resolvi compartilhar um pouco da minha experiência em relação ao combate a stress e ansiedade, na esperança de que minha experiência possa ajudar outras pessoas. Minha vida foi marcada por vários momentos estressantes, incluindo uma longa carreira em finanças, um período de crise pessoal em que realmente quase morri, e atualmente fazendo o doutorado nos EUA (que recentemente se tornou o país com maior número de casos da doença). Isso fez que que ao longo da minha vida, eu desenvolvesse maneiras de lidar com stress, ansiedade, entre outras coisas.

Meu foco vai ser em versões mais simples e básicas daquilo que eu faço. Todos esses itens podem ser ampliados e melhorados ao longo do tempo, mas o objetivo maior é ajudar quem está começando.

1 - Meditação.

Meu caminho para a meditação não foi muito tradicional, então minhas dicas podem ser um pouco diferentes. Na época que eu comecei, a internet ainda estava começando, não existia muita informação facilmente disponível ou aplicativos pra isso.

1.a) Comece pela respiração.

Em uma posição qualquer que considere confortável, respire fundo. Procure respirar lentamente, absorvendo o máximo de ar que conseguir, e depois soltando o máximo de ar que puder.

Apesar de respirarmos o tempo inteiro, o estilo de vida moderno faz com que na maior parte do tempo a gente respire de maneira muito superficial. A gente não está acostumado a realmente respirar de maneira a dar mais oxigênio para o corpo. A exceção é quando fazemos exercício, mas aí respiramos mais forte porque o corpo está pedindo muito mais ar mesmo.

Respirar profundamente ajuda a dar mais condições para a mente e o corpo fazerem seu trabalho direito.

Respirar é fácil, todo mundo faz, então é um jeito bom de iniciar. Eu vejo muita gente preocupada sobre como começar a meditar, qual seria o jeito certo, e isso acaba aumentando o stress ao invés de ajudar. Mas respirar fundo não tem muito o que errar.

1.b) Encontre um ponto de foco.

Meditação está relacionada a desenvolver foco e concentração. Isso pode levar um tempo, até porque não estamos mais acostumados a parar pra prestar atenção em algo. Tudo bem se não conseguir. Perder o foco e tentar recuperar o foco é parte natural do processo.

Para ajudar no foco, as pessoas podem encontrar algo para se concentrarem durante a meditação. Isso varia muito de cada pessoa, então às vezes tem que tentar algumas coisas diferentes pra ver o que funciona pra você.

Algumas possibilidades:

Foco no movimento. Apesar da imagem da meditação ser algo feito com a pessoa sentada e parada, isso não precisa ser assim. Para algumas pessoas, o movimento ajuda na concentração. O pessoal que faz yoga e tai-chi, por exemplo, usa muito isso. Mas os movimentos malucos de yoga assustam quem está começando, e não precisa ser assim. Você pode usar movimentos simples. Alguns exemplos são o movimento de abrir e fechar a mão, o movimento de girar o pescoço, o movimento de contar com os dedos, entre outros. Escolha um movimento ou uma combinação de movimentos, e preste atenção em como o corpo reage e realiza os movimentos. Fechar os olhos costuma ajudar nesse processo.

Foco na fala. Outra prática comum é falar durante a meditação. Não precisa ser necessariamente falar, pode ser apenas fazer o som de "hhhmmmmmm". Outras possibilidades são mantras e orações. O que importa é que seja algo que facilite sua concentração.

Foco na escuta. Muita gente usa sons para meditar. Isso pode incluir sons suaves (ASMR se tornou uma tendência), sons naturais do ambiente em que você está, ou música. De novo, o importante é ver o que facilita a concentração. Tem gente que se dá muito bem com músicas calmas, e tem gente que odeia, por exemplo, e medita até melhor com um heavy metal.

Foco visual. Já outras pessoas conseguem se focar melhor quando elas olham para alguma coisa. Isso é muito usado na hipnose, por exemplo, quando se pede pra pessoa se concentrar em um relógio, em um pêndulo, ou um disco hipnótico. Fotos também funcionam bem, especialmente fotos que passam uma sensação que lhe agrada.

1.c) Indo além.

O que eu escrevi nos itens (a) e (b) devem ser o suficiente pra quem está começando melhorar bastante o estado mental. Eu não quero ir muito longe aqui, mas também acho bom deixar um espaço pra se pensar, caso a pessoa decida levar a prática para a vida toda (o que eu recomendo, me ajudou demais ao longo da minha vida).

O que eu passei até agora seria basicamente oxigenar o cérebro e o corpo, e se focar em algo. Isso tem como consequência principal limpar a mente, e deixar ela em um estado mais calmo. Muita gente costuma dizer que seria "esvaziar a mente", mas isso seria algo meio enganoso porque não é realmente deixar a mente vazia, é deixar ela mais limpa.

É como se a mente fosse um computador ou um smartphone, que com o tempo fica acumulando muita coisa ruim e inútil, e daí de vez em quando é bom dar uma limpada.

Técnicas mais avançadas podem ir além disso. Ao invés de apenas limpar o computador da mente, podem "atualizar" o sistema operacional, e podem "desinstalar e instalar os programas", mudando a forma da pessoa pensar, agir e perceber o mundo.

Outra coisa é que as dicas que eu dei podem levar um bom tempo. Ficar respirando fundo, se deixar levar por uma música, esse tipo de coisa pode exigir um bom tempo até conseguir manter o foco. Ainda mais se a pessoa não tem experiência e está com muito stress acumulado. Para muitas pessoas, pode ser a primeira vez que elas se sentem calmas em muito, muito tempo, então é natural continuar nesse estado de transe por um tempo.

Técnicas mais avançadas também podem acelerar esse processo. O que pode ser útil naquelas fases da vida em que a gente não tem tempo pra nada.

2 - Arte.

Como diz o velho ditado, quem canta os males espanta.

As artes de maneira geral podem ter uma série de benefícios na saúde mental, como aliviar o stress, melhorar o autoconhecimento, aumentar a capacidade criativa, organizar os pensamentos.

A não ser que a pessoa já seja artista, a maioria das pessoas não está mais acostumada a ativar as partes do cérebro correspondentes a isso. Antigamente, era mais parte da tradição social alguma forma de arte, com pessoas desenhando, cantando, dançando, contando histórias, tirando fotos, etc. Isso se perdeu um pouco, e com isso também se perdeu uma maneira de melhorar a saúde mental.

Um dos maiores obstáculos quando eu recomendo a prática da arte pra alguém é que a pessoa se diz incompetente de mais. Que ela não sabe cantar, que ela desenha muito mal, etc.

Só que lembre-se que o objetivo aqui não é fazer de ninguém um artista profissional. É usar a arte como forma de aliviar o stress e a ansiedade. Não interessa que o desenho seja bom ou ruim. O desenho pode ser péssimo, mas pelo menos pode servir como uma válvula de escape, uma maneira de pessoa organizar e canalizar as suas emoções de maneira mais positiva (ao invés de sair comendo tudo que vê pela frente, ou descontar nos outros).

Além disso, hoje em dia a tecnologia ajuda muito. Com o que existe hoje em dia de programas, aplicativos e equipamentos, dá pra fazer música sem entender muito de música, desenhar sem saber muito de desenho, e por aí vai. Tem até jogo de PS4 pra quem quer criar seu próprio jogo de vídeo-game sem ser profissional (Dreams).

Por exemplo, depois de décadas, eu voltei a escrever histórias em quadrinhos. Eu gosto de escrever, mas não sou bom o suficiente no desenho. Só que agora existem programas que ajudam nisso.

3 - Atividade física.

Como dizem, mente sã em corpo são. É difícil a mente estar bem, sem o corpo estar bem. Uma coisa está ligada à outra.

Eu nunca fui fã de exercícios físicos, academia, esse tipo de coisa. Mas também não precisa ser rato de academia pra atividade física ajudar a lidar com estresse.

Essa é a parte que eu menos posso ajudar, mas está cheio de material na internet, vídeo no YouTube, etc. Até pra quem é preguiçoso, dá pra fazer alguma atividade física até sentado no sofá assistindo Netflix.

4 - Vida social.

Com o pessoal fechado em casa, essa é uma parte que tem pesado muito na saúde mental. Até pra quem está na cadeia, a solitária é uma das punições mais severas, por conta do distanciamento social.

Só que eu acho que tem uma coisa importante a se lembrar. O que está acontecendo agora é principalmente um distanciamento físico. Ou seja, isso não significa que a gente tem que se tornar distante em termos de comunicação, ou em termos emocionais, por exemplo.

Em termos físicos, eu estou milhares de quilômetros distante de quase todo mundo que eu conheço. Isso não significa que eu tenha que perder a conexão com as pessoas. A situação atual tem se revelado até uma forma de aumentar a conexão. Pessoas que estavam mais distantes se aproximaram, conversei com gente que eu não falava fazia anos, e assim por diante.

Muita gente tem afastado outras pessoas nas redes sociais, que se tornaram muito mais um ambiente negativo. Mas isso não precisa ser assim.

Vou aproveitar o exemplo de um amigo meu, que se mudou pro Canadá. Esses dias eu vi ele falando que estava pensando em fazer um jogo de D&D online. Esse tipo de conexão social ainda existe, o tal distanciamento social do coronavírus não impede nada disso.

E, no caso das famílias, que mantém a proximidade física, também dá pra buscar maneiras positivas de lidar com isso. As dicas que eu dei de meditação, arte, e atividades físicas, por exemplo, podem muito bem se tornarem coisas pra família. Antes dessa situação toda acontecer, uma vez eu fiz uma sessão de meditação junto com a minha mãe e minha fílha. Também comprei argila pro pessoal fazer esculturas.

Então, claro que a crise existe, que vários problemas estão acontecendo e vão acontecer. Mas, quanto mais fortes estivermos mentalmente, mais podemos enfrentar e superar. Eu tenho um amigo que é muito diferente de mim, e uma vez a gente estava conversando sobre como a nossa amizade se desenvolveu e ficou tão forte. E a gente falou que parte da razão foi ver que, nos períodos difíceis, a amizade nunca se abalou e saiu até mais forte. Então, eu acho que muitas relações também podem sair fortalecidas, mesmo em uma situação de distanciamento social, se a gente souber lidar com isso.
submitted by SamuraiBrz to desabafos [link] [comments]


2020.03.27 18:46 marciofsrj Retrato falado vira piada nos EUA

Retrato falado vira piada nos EUA

Retrato falado vira piada nos EUA por parecer desenho de criança

Polícia do Texas divulgou desenho para encontrar assaltante.Organização destacou que ilustração 'não é representação fiel'.

Um retrato falado de um criminoso que assaltou duas mulheres em Paris, no estado do Texas (EUA), virou piada na web após ser divulgado pela polícia do condado de Lamar, por se parecer com um desenho feito por uma criança.

https://preview.redd.it/elvpolrr59p41.png?width=620&format=png&auto=webp&s=b64536dc638b34abccc658a51ce989b9d59e93b0
Retrato falado de assaltante virou piada por se parecer com desenho de criança (Foto: Divulgação/Lamar County Sheriff’s Department )
De acordo com o jornal “eParis Extra”, as vítimas foram assaltadas durante a manhã e, após mostrar uma faca, o suspeito fugiu com os pertences da dupla.
Na tentativa de conseguir pistas do ladrão, a polícia do condado começou a divulgar um retrato falado do suspeito, mas o desenho estava tão ruim que mal lembrava um ser humano, e parecia ter sido feito por alguém inexperiente, devido aos traços infantis parecidos com um desenho animado.
A polícia ainda fez questão de destacar que o retrato “não é uma representação fiel do suspeito, mas apenas uma semelhança”.
Saiba mais...
submitted by marciofsrj to u/marciofsrj [link] [comments]


2020.03.24 15:57 Helmuthkn Estudos e projeções do covid-19 no Brasil

Como muitos do sub aqui sabem existem estudos científicos sobre o numero de infectados que podem chegar nos EUA e Europa, como aquele da Imperial College. Apesar deste sub falar muito sobre este estudo não consigo encontrar nada parecido pro Brasil.
Alguém teria o link para algum artigo que mostre as estimativas de contágio no Brasil ou pelo menos América Látina?
submitted by Helmuthkn to coronabr [link] [comments]


2020.01.31 20:20 DoomMortal Propaganda em Portugal (Um país de Migração ?)

Boa tarde a todos.
Eu queria começar aqui um grande debate entre os portugueses sobre a minha opinião para saber se os portugueses aqui pensam a mesma coisa e
se os portugueses têm a mesma consciência de certas problemas que eu vejo em relação a política, informação e migração.
Por favor leiam o artigo ate ao fim. E vejam tambem os links externos. Eu prometo que vale a pena para mim e para voces.
Primeiro eu quero pedir já desculpa se a minha ortografia ou gramatika não esta, cem por cento.
Para entender o meu texto ou a minha motivação melhor, aqui umas informações sobre mim.
Eu sou de nacionalidade portuguesa e vivo dês de eu nascer em 1989 na Alemanha.
Sou filho de pais portugueses. O meu pai emigrou para a Alemanha em 1969. A minha mãe casou em 1989 e emigrou também para a Alemanha.
Por isso eu digo já de início que eu sei muito bem o que significa no exemplo do meu pai deixar tudo para trás para encontrar trabalho e uma vida melhor noutro pais.
Num paisque não sabe falar a língua. Que tinha de trabalhar no duro e sujo ate a reforma porque não tinha outra qualificação.
Ariscando a sua saúde e trabalhar horas extraspara ter uma vida melhor e dar uma vida melhor aos seus filhos. Mas eu também entendo e tenho de respeitar que há cidadãos nos seus países que não querem essa forma de migração. Isto não e racista nem xenofobia isto e democracia.
O que eu noto aqui na Alemanha e que o debate aqui esta intoxicado ou emocionado. Se chagar a houver um debate.
Os esquerdos argumentam de forma moral e os da direita argumentam de forma racional sem moralidade nenhuma.
Há uma grande separação dês da crise dos refugiados nesta sociedade alma que divide famílias, amigos e mesmo os partidos políticos em si.

Também vejo televisão portuguesa. E vejo também o que esta passando aqui, passa também no programa televisivo português.
Jornalistas e apresentadores argumentam de forma moral. Não há critica, nem na televisão nem nos jornais virtuais.
E sempre uma argumentação moral, de cima para baixo. Parece me que existe um esquecimento histórico e não há racionalidade nenhuma.
Há coisas que não tenham de ver com outras coisas.

Há pessoas perdendo o trabalho por denúncias por serem racistas ou xenofobias, ou são ameaçados por simplesmente serem de outra opinião.
Eu acho que isto esta, errado.
Esta separação esquerda contra direita e entendida. Nós precisamos unir a moralidade e a racionalidade. E por isso eu escrevo este texto.

Eu acho que em Portugal e em especial nos media portugueses(e igual se for privado ou publico), e nem só em Portugal
estão publicando informações descontextualizadas, fragmentadas.
Por isso e que há o debate dos fake news.
Porque há pessoas que descobriram que há alguma coisa ou coisas que não batem certas.

Aqui na Alemanha há uma grande perca de confiança nos jornais e na televisão pública.
Eu queria já que eu não connheco bem os media portugueses todos, se há media alternativos aonde vocês se informam ?

Aqui vai uma cronologia e analise histórica do meu ponto de vista dês de 2012/2013 ate hoje.
A minha tese e "A crise dos refugiados. Uma história cheia de mentiras no exemplo da Síria"
Digam se sabem ou não sabiam de estes eventos.

---------------

Tudo começou a partir de 11 de setembro de 2001 A agenda para derrotar 7 países em 5 anos. Como o general dos Estados Unidos Wesley Clark disse numa entrevista. Aqui o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=c4Y2TPSra4Y

Mas eu vou passar a guerra do Afeganistão, Iraque e Líbia e vamos diretamente para guerra da Síria.

Guerra na Síria:
Todos pensaram que havia uma grande revolução por parte da população da Síria. A Primavera Árabe. Quem não se lembra.

Esta guerra civil começou em 2011 e persiste. Como a RTP e outras estações televisivas documentaram essa guerra? Depois da guerra em Líbia e o começo da guerra na Síria parece me que eu tinha já um dejavu. E um ditador o Bashar-Al-Assad. O próximo ditador como foi o Putin e o Gadaffi. Matam o povo. Mesmo a RTP, uma estação que e paga para por os contribuintes faz propaganda. O mesmo narrativo de todos.

Como isso pode ser? Não há investigação nenhuma? Quem tem interesses? De aonde são as armas e o dinheiro para continuar uma guerra por esses anos todos ? Nada. Eu ainda achei que só contar o que se passa não e propaganda. Mas com a crise de Venezuela, eu hoje tenho outra opinião. Depois em 2017 uma grande bomba!!!!!
Nem eu cheguei ouvir a bomba. Só em 2019 eu dei notícia. Quase ninguem ouviu nem escreveu sobre essa bomba internacional. Onde estão os jornalistas. Tanta gente formada de jornalistas a espera de sensações para fazerem um euro. Trabalham dia e de noite. Recebem prémios por serem melhor jornalistas. NINGUÉM. Nem em jornais nem na televisão pública ou privado. Silencio.
Os Estados Unidos revelam um programa administrado pela CIA para fornecimento de dinheiro, armas e treino de forcas "rebeldes" (Al -Quada e o Estado Islamico) para combate de Bashar al-Assad. O programa chama-se Timber Sycamore.
https://en.wikipedia.org/wiki/Timber_Sycamore

O que muitos no estrangeiro e mesmo dentro da Alemanha não sabem que há uma base militar alma "Ramstein" de onde os Estados Unidos pilotam drones para matarem "Terroristas". Mas neste caso utilizaram a base para mandar armas e ajuda para terroristas na Síria. Aqui um artigo de num jornal alemão sobre esse tema.
https://translate.google.de/translate?hl=de&sl=de&tl=pt&u=https%3A%2F%2Fwww.faz.net%2Faktuell%2Fpolitik%2Ffluechtlingskrise%2Fwie-der-fluechtlingsandrang-aus-syrien-ausgeloest-wurde-13900101.html
https://translate.google.de/translate?hl=de&sl=de&tl=pt&u=https%3A%2F%2Fwww.faz.net%2Faktuell%2Fpolitik%2Ffluechtlingskrise%2Fwie-der-fluechtlingsandrang-aus-syrien-ausgeloest-wurde-13900101-p2.html

Alguém no Telejornal chegou a explicar ao povo que EUA estava fazendo.
Como e possível que uma pessoa como Jose Rodrigues dos Santos que e praticamente a cara do noticiário e quase todas as noites pisca o olho ao publico, que esses jornalistas não são capaz de ver o que esta a passar?

Guerra na Síria e observatório sírio de direitos humanos:
Durante a guerra da Síria houve uma fonte de onde todos os jornalistas recebiam informações como fotos e vídeos. Foi o "Observatório sírio de direitos humanos". Esse observatório e dirigido por uma pessoa que vive dês de 2010 no exílio em Londres e tem simpatias com a "Irmandade muçulmana". Porque que os jornais e a estacões televisivas tinham de recorrer a esse material que não se sabe de onde veio.
Qual e a credibilidade de essa pessoa ?
Aonde estão os correspondentes da RTP. Já não há investigação e nem dinheiro e vontade ?

Depois vieram do nada os capacetes amarelos. Paramédicos equipados com comerás ? Nas noticias da RTP com o título "Imagem de menino sírio associada aos capacetes brancos" a RTP transmite 1 por 1 as noticias falsas.
https://www.rtp.pt/noticias/mundo/imagem-de-menino-sirio-associada-aos-capacetes-brancos_v941771
E a "RT Deutsch" que e um programa Russo que e dirigido a população almã, que dizem que e o nosso inimigo e que faz a investigação ? https://www.youtube.com/watch?v=cowLqWdycCE

Afinal eu ainda encontrei um artigo que critica isto em português: https://www.abrilabril.pt/internacional/falsa-fachada-dos-capacetes-brancos

Agora vem o evento central que mudou tudo. Foi o começo da crise dos refugiados. Crise ? Não. Isso foi intencional. https://translate.google.de/translate?hl=de&tab=wT1&sl=de&tl=pt&u=https%3A%2F%2Fwww.faz.net%2Faktuell%2Fpolitik%2Ffluechtlingskrise%2Fwie-der-fluechtlingsandrang-aus-syrien-ausgeloest-wurde-13900101.html

Por causa dos cortes de dinheiros para os refugiados a UNHCR já não tinha dinheiro para alimentar tanta gente. Assim esta crise começou. Muita gente puseram-se em movimento para a Europa. Eu ainda me lembro quando tantos os refugiados chegaram a ilha de Lampedusa e ninguém se importava dos chefes dos estados da união europeia.

Eu quero dizer que isto tudo o que aconteceu são coisas que os nossos governos fizeram. E os nossos jornalistas e apresentadores tapam os culpados e apelam a humanidade para ajudar. Quem fez as guerras ? Quem não ajudou quando foi preciso? Quem se aproveitou dos refugiados/migrantes no passado e agora ?

Em Setembro 2015 chegaram os refugiados ou migrantes que vieram da Hungria a Áustria e Alemanha. Ainda hoje há um debate se a chancelar Angela Merkel deixou a fronteira aberta ou não. Porque a argumentação e que dentro de Schengen não há fronteiras. Porque isso e uma violação da lei porque os migrantes são obrigados a pedir asilo no primeiro pais que seja seguro.
As críticas dizem que Merkel violou a lei e que ela mandou o sinal a outros refugiados/migrantes que as portas estão abertas. E os outros dizem que e um ato humanitario.

Pacto Global para Migração:
Depois veio uma evento central que me assustou e preocupou no mesmo tempo. A assinatura do Pacto Global para Migração. Eu pensei: Isto não será um truque para legalizar a migração ilegal desde 2015? Já antes disto houve 21 petições que foram todas rejeitadas pela comissão de petição do Deutscher Bundestag.
https://translate.google.de/translate?hl=de&sl=de&tl=pt&u=https%3A%2F%2Fwww.welt.de%2Fpolitik%2Fdeutschland%2Farticle184254452%2FUN-Migrationspakt-Bundestag-veroeffentlicht-doch-Petition-gegen-Abkommen.html

Mas perto da assinatura do pacto foi autorizado uma petição que atingiu em recorde as votações necessárias para ser debatida em frente da comissão de petição. Mas essa conferencia podia só já ser depois da assinatura do pacto.

De um lado dizem que o pacto não muda nada em relação a migração, que e só afirma que os estados cumprem os direitos humanos e com o objectivo de reduzir a emigração.
Os estados continuam a ter a sua soberania.
Por ou outro lado este pacto e considerado um "compromisso politicamente vinculativo" ("Nos comprometemos") que promove: (Exerto do pacto de Migração)

O pacto chega a ser numas declarações contraditorias. Nos últimos dois pontos o pacto diz que migração e uma coisa boa.
Aqui há uma fonte de criticas que e neste caso não pode haver vozes que criticam a migração nem hipoteticamente haja algum impacto negativo.
Mas aqui já vou dizer: Os nossos media já antes do pacto não forram diferentes.


Excerto media portugueses (Aqui umas vozes portuguesas que promovem a migração):
---------------------------------------------------------------------------------
Aqui ainda gravei uma politica que diz que migração e uma coisa boa:
https://youtu.be/sG_U8zyT3zs

Aqui esta uma parte que diz que Portugal e um pais de migração:
https://youtu.be/uq80Bl-MpAY

E aqui vai mais uma parte, que diz não há diferença entre refugiados e migrantes:
https://youtu.be/169G1mZD1hU

Mesmo o nosso presidente Marcelo Rebelo de Sousa diz que Portugal “é um país de migração”.
https://news.un.org/pt/story/2018/09/1639682


Situação hoje na Alemanha:
Há mais violência nas estradas. Há mais criminalidade nas estradas.
Há criminalidade com facas e violação de mulhares em grupos de migrantes.
O negocio de droga no parque em Berlim foi legalizada porque não conseguem combater.
Coisas que nunca vi na minha vida.
Quem e esta gente? De aonde são? Alguns fazem por deposito tirarem com os papeis para não serem expulsos do pais.
O que vocês viram nas noticias em 2017 que houve mulheres serem agredidas por "refugiados" em Colonia ("silvesternacht 2017 köln"), só foi uma parte.
Eu já vi reportagens no programa regular televisão a noite para ninguém da população alma ver, aonde mostraram pessoas que fizeram parte do Estado Islâmico pediram asilo na Alemanha ou conseguiram se esconder na Alemanha.
Há pessoas que imigraram para a Síria para combater no Estado Islâmico e agora regressam.
Não quero saber se Portugal já tem também o mesmo problema.
Isto não há controlo nenhum. Em vez de fazerem constróis a essa gente e ao contrario:
E o combate a "Fake News" o combate a extrema direita o que eu vejo na televisão.
Em Portugal tambem ja comecou esse combate:
https://youtu.be/niDghq0yg-4
https://mediaveritas.pt/?area=noticias&n=13
A AFD e o resultado de essa politica errada. O partido e estigmatizada medial e politicamente.
O que eu não compreendo porque em Portugal não há ainda um partido como esse.

Minha conclusão:
Eu estou a ver um plano por trás de isto.
Primeiro eram refugiados da Síria.
Depois foram refugiados por razoes económicas/climáticas
E agora e a migração porque as populações de Portugal/Europa estão descendo(Portugal envelhecendo) e nos precisámos mais pessoas para trabalhar
Outras razões saram: Promover diversidade (Multiculturalismo), Nos precisamos profissionais (gente formada)
Já o ultimo ponto alguém pensou o que se passa nos países de origem se gente formada sair colectivamente de esses países ?
Qual e o impacto para essa sociedade ? Estão destruindo esses países economicamente.

O que eu digo e que isto e uma grande propaganda medial e politica. Alguém já ouviu uma critica contra essa crisa migratória na TV ou Jornal?
O que eu sinto, e que há portugueses abandonar o pais porque não conseguem sustentar as suas famílias e são obrigados a abandonar o pais.
E depois por trás são capaz de acolher pessoas de outros países e pagarem formação, residência etc.
E um cuspo na cara de cada pessoa que abandonou o pais e esta com saudades um dia regressar a Portugal.
E uma exploração das pessoas laborar para pagar em fim menos de salário e exploração por parte da nossa elite humanitária para eles sentirem-se com a consciência tranquila.
E depois vem uma deputada no link acima a relatar que migração e uma coisa boa? Pensa que as pessoas gostam de abandonar o pais aonde sabem falar a língua aonde estão os seus amigos, familiares etc.?
Eu afirmo outra vez que eu não tenho nada contra emigrantes. Os emigrantes também são vitimas de isto tudo.
São os políticos corruptos, jornalistas e apresentadores que pensam que são melhores e humanitários depois da merda de trabalho que fizeram estes anos todos.
Por isso e que è o combate a "Fake news", por isso e que há um combate a extrema direita.
Eu não sou pessoa que comunique muito em comunidades. Eu gosto em ler e saber de todas as opiniões e igual se for direita ou esquerda.
Qual e a voca opinião. Como e a situação em Portugal? Aonde voces se informaam.
Estou muito curioso.
submitted by DoomMortal to portugal [link] [comments]


2020.01.11 19:42 ORoxo Como investir Keep it simple, Stupid!

Olá,
Se chegaste até aqui é porque estás preocupado com as tuas finanças, por isso, parabéns!
De facto, é uma preocupação fundamentada, uma vez que, de acordo com Relatório sobre a Sustentabilidade Financeira da Segurança Social publicado em Outubro de 2018 como anexo do Orçamento de Estado de 2019, a Segurança Social como a conhecemos hoje esgotar-se-á no final da segunda metade da década de 2040.
O FEFSS (Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social), a ser utilizado perante saldos negativos do sistema previdencial a partir do final da segunda metade da década de 2020, teria com a atual projeção, um esgotamento no final da segunda metade da década de 2040, representando uma melhoria face à projeção do relatório de sustentabilidade anexo ao Relatório do OE de 2017, em cinco anos.
Assim, se, tal como eu, estás a iniciar a tua vida adulta, provavelmente serás responsável pelo teu próprio sustento durante a idade da reforma. Como tal, temos de arranjar uma forma de garantir que o nosso dinheiro rende, para garantir esse conforto futuro.
A melhor forma que conheço para o fazer é através de investimentos, algo que começa agora a ser falado no nosso país, mas sobre o qual a generalidade das pessoas ainda sabe muito pouco.
Ao contrário de subs de outros países relacionadas com finanças pessoais onde existem vários tópicos Guide, em Portugal, tal não acontece.
Para colmatar essa lacuna, decidi escrever este post que espero ajudar aqueles que buscam conselhos financeiros e que se deparam com esta comunidade pela primeira vez.
Infelizmente (ou felizmente) não venho de famílias abastadas. Como tal, há cerca de 2/3 anos quando comecei a ganhar alguma autonomia financeira coincidente com a minha entrada no mercado de trabalho, comecei a pensar como viria a fazer face às minhas despesas - casa, carro, alimentação, etc.
Desta reflexão resultaram muitas horas de leitura e lições que agora partilho aqui convosco:
Lição 1: ninguém cuidará melhor do vosso dinheiro do que vocês.
Começo por partilhar convosco que uma das coisas que mais me irrita na indústria financeira - e no qual tenho a minha quota-parte de culpa, dado que é a minha área de formação - é da necessidade de complicar. Alguém que esteja de fora, ficará intimidado pela complexidade de palavras que usamos como asset alocation, derivatives, bonds, stocks, optimal portfolio allocation, options, warrants e futuros. Como se isso não bastasse, não educamos os jovens em finanças - em muitos casos temos dificuldade em poupar e noutros tantos em perceber como investir.
Claro que toda esta iliteracia financeira é um paraíso para portfolio managers e outros agentes dispostos a investir o vosso dinheiro por vocês. Porquê, perguntam vocês?
Existem três formas através das quais um porfolio manager consegue fazer dinheiro para a empresa:
  1. Comissões sobre produtos;
  2. Assets Under Management;
  3. Aconselhamento 1-on-1.
Em primeiro lugar, parte do salário de um portfolio manager, é variável. Por outras palavras, está dependente do lucro que trouxer para a empresa. Como tal, não é de admirar que vos sugerirão aqueles produtos que lhes dêem maior retorno, independentemente do retorno que vos trouxerem para vocês. Como tal, aqueles produtos que vos tentarão enfiar pela garganta abaixo são precisamente aqueles que vão de acordo com os objectivos deles (maximizar lucro) e não necessariamente os vossos (maximizar o retorno).
Para além disso, existe também o modelo AUM (Assets Under Management) que na práctica é 1-2% que vos cobrados pelo valor de activos na vossa carteiro. A título de exemplo, suponham que eu tenho 100.000€ investidos na institução A cuja taxa AUM é de 2%. Todos os anos terei de pagar 2.000€ à instituição financeira que faz a gestão dos meus activos, independentemente de ter, ou não lucro. Imaginem que num dado ano tive 6% de retorno, a inflação foi de 3% e a AUM é de 2%. Resta-me 1% de um retorno que deveria ter sido 3%. De repente, um ano que até teria sido bastante positivo transformou-se num mísero 1%. (Parece-vos justo? Nem a mim...)
Por último, alguns advisors estão ainda disponíveis para vos aconselha por uma módica quantia de X, sendo X um valor absolutamente ridículo para o qual não existe qualquer justificação lógica. Como se tal não bastasse, muitas vezes esse aconselhamento não se traduz em qualquer valor acrescentado para nós. Com sorte, vai de encontro ao ponto 1 e comem-nos por parvos duas vezes: no aconselhamento que roçou o medíocre e na venda de um produto com comissões altíssimas e retornos pelas ruas da amargura.
Dito isto, aqui fica a primeira lição: ninguém cuidará melhor do vosso dinheiro do que vocês!
No entanto, identificar um problema sem o tentar resolver soa-me um pouco hipócrita. Por isso, deixem-me introduzir-vos à segunda lição: é mais fácil do que parece.
Dado que, como já partilhei convosco acima, a minha formação base é finanças, comecei a pensar "como é que se investe?". Esta questão levou-me a ler vários livros sobre investimento e apercebi-me que, ao contrário do que todos os profissionais da área faziam parecer crer, investir, era bastante simples.
Tão simples, de facto, que alguém com zero experiência como investidor conseguirá obter um retorno melhor do que 80% dos ditos portfolio managers utilizando apenas as ferramentas que partilharei convosco neste thread.
O quê?! 80%?! Mas investir não é difícil?!
Não.
O quê?! Melhores retornos que portfolio managers que vivem, respiram e comem informação financeira?
Sim.
Afinal eu não preciso de pagar fees ao meu banco para investir por mim?!
Não.
Contudo, antes de partilhar convosco quais são essas ferramentas há três questões que são imperativas que saibam responder:
  1. Em que fase da vossa vida é que estão? Acumulação ou Preservação de riqueza?;
  2. Que níveis de risco é que estão disponíveis a aceitar?;
  3. O vosso horizonte temporal a nível de investimentos é longo ou curto prazo?.
Certamente repararam que as três questões estão intrinsecamente ligadas e que existe um tema comum a todas elas, risco. Pelo que gostava de começar por abordá-lo em primeiro lugar.
Ao contrário do que vos possam dizer ou vocês próprios possam pensar, não existe nenhum investimento 100% seguro.
Experimentem colocar o vosso dinheiro debaixo do colchão durante 20 anos e depois contem-me como os 20k€ que com tanto esforço, suor e lágrimas amealharam valem agora apenas 5k€ em bens e/ou serviços. Ou talvez vocês seja pessoas conservadoras e decidam comprar títulos do tesouro, mas nesse caso apresentar-vos-ei a minha inflação ou então são completamente o oposto e decidem que acções is the way to go, caso em que opto por vos dar a conhecer a minha outra amiga, deflação.
Estes exemplos não servem para vos desincentivar de investir. Queria apenas de uma forma, mais ou menos, lúdica demonstrar-vos que, qualquer que seja a nossa opção, nunca estamos 100% seguros. Consequentemente, a única opção que nos resta é fazer as escolhas que julgamos serem as mais correctas com a informação que temos disponível de momento - e atenção que não fazer escolha é, em si, uma escolha.
Dito isto, existem apenas outras três ferramentas que necessitam para construir o vosso portfolio:
(já repararam que eu gosto de manter as coisas simples?)
  1. Acções
E se invés de apostarmos numa única equipa e rezássemos para que essa equipa vencesse, pudéssemos apostar que uma qualquer equipa entre todas as que estão na competição poderia ganhar? As nossas odds seriam bem melhores, verdade?
É isso que constitui um index fund - um cabaz de acções de várias empresas. Regra geral, cada index fund tem um benchmark que segue o que acaba por definir as ações nas quais esse index fund invest. Tudo o que precisam de saber são três siglas muito simples, IWDA:NA, VUSA e VWRL.
Quais as diferenças?
Dentro dos fundos cotados (aka ETFs), existem duas sub-classes no que toca à distribuição dos dividendos consoante o fundo reeinvista autmaticamente os dividendos ou caso os distribua aos investidores, chamados accumulation ou distribution, respectivamente*.*
Isto é relevante principalmente para efeitos fiscais. No que toca a investimentos desta natureza, existem dois momentos nos quais estás sujeito a imposto.
Na altura de receberes os dividendos e no momento da venda propriamente dito.
Aquando da distribuição dos dividendos, o teu broker transferirá para a conta bancária associada o valor dos dividendos retirados os 28% de imposto. No momento da venda, analisar-se-á qual a mais ou menos valia que há a realizar. Isto é, se vendeste o investimento a um preço superior ao que compraste, o valor de imposto a pagar será de 28% sobre essa diferença. Se o valor de venda for inferior ao valor de compra, não terás qualquer imposto a pagar.
Logo, salvo raras excepções, é aconselhável que se invista num ETF que seja cumulativo (IWDA:NA). Desta forma, tiraremos proveito da capitalização composta dos juros ao mesmo tempo que adiamos o pagamento de impostos desnecessários.
  1. Obrigações
As obrigações proporcionam uma viagem ao longo do percurso de investidor um pouco mais suave. Pessoalmente, dada a minha idade, não creio que tenha muito interesse para mim. No entanto, para investidores mais conservadores, BND e AGGG-fund?switchLocale=y&siteEntryPassthrough=true) são as única sigla que precisam de conhecer neste sub-universo.
  1. Dinheiro
Um fundo de emergência é algo que devemos sempre ter. Ninguém sabe o que acontecerá no dia de amanhã e enquanto investidores de longo-prazo não queremos ter de liquidar os nossos activos devido a uma emergência. Por isso, três a seis meses de despesas fixas é um bom objectivo para se ter em dinheiro numa conta a ordem ou conta poupança que possa ser movimentada sem incorrer em custos.
Lição 2: Todos os portfolio managers acreditam que conseguem bater o mercado. Por sua vez, nós, investidores, acreditamos que conseguimos escolher aqueles que o fazem. Estamos todos enganados.
Imaginem uma sala cheia de crânios financeiros, vestidos nos seus fatos com tecidos italianos. Estes profissionais contam com anos de experiência nos mercados de capitais, para não falar das décadas passadas a estudar em grandes Business Schools.
Para além disso, têm à sua disposição inúmeras ferramentas da Bloomberg, Reuters e outros grandes players que lhes permitem ter acesso a toda a informação, constantemente actualizada, a qualquer instante.
Apesar de trabalharem noite e dia, estes guerreiros também descansam para um ocasional café, cigarro e almoço de negócios. Nesses raros e curtos momentos, encontram-se com outros analistas, experts, insiders das empresas nas quais investem e outra panóplia de gente importante.
Ao conviverem tão próximos com a realidade na qual investem, de certeza que eles sabem o que andam a fazer, certo?
Ahhhhh...think again.
Está comprovado impericamente (clicar irá fazer o download de um pdf) que os vários fundos de investimento não são capazes de dar rendibilidade superior ao seus investidores, quando comparado com o mercado.
Num horizonte temporal de 5 anos, 84,15% dos fundos de investimento tiveram uma performance pior do que o S&P500.
Logo, para terem um retorno superior ao mercado, vocês teriam de escolher o melhor fundo de investimentos possível, de um conjunto de 10! Como se isso não bastasse - e supondo que escolhiam o fundo vencedor -, ser-vos-ia cobra entre 1 a 2% em comissões. Não é muito? Para ilustrar a diferença que isto pode fazer, sigam o meu raciocínio:
Suponham que investiram 10.000€ há 30 anos num dado activo. A rentabilidade média desse mesmo activo foi de 7%, já tida a inflação em conta. Se tivessem investido vocês mesmos esse valor num index fund, teriam aproximadamente 66.000€. Por sua vez, se tivessem escolhido o fundo vencedor teriam apenas 43.000€. Uma diferença de 23.000€ tendo por base apenas 2%. Funny, right?
(aqui estou a supor que o fundo vencedor vos proporcionava apenas a mesma rentabilidade dada pelo mercado, mas dado que assumi, de 10 fundos de investimento, vocês escolhiam o único cuja rentabilidade não era pior que a do mercado, parece-me justo para balançar o cenário)
Este exemplo introduz-nos à próxima lição.
Lição 3: Controlem o que conseguem controlar
Esta conversa é toda muito bonita, mas o que raio é essa coisa da Vanguard e porque é que todos os EFTs que sugeres são geridos por eles? Afinal, também és um vendedor?!
Bom ponto, tens estado atento!
Um mercado de capitais é um sítio feio, se não soubermos gerir as emoções provavelmente perderemos muito dinheiro - mais sobre isto numa edição futura do post. A verdade é que os nossos investimentos irão desvalorizar e valorizar várias vezes ao longo do tempo. Como tal, uns anos serão positivos e outros nem tanto. Isto para dizer algo que ninguém gosta de ouvir: não podemos controlar o retorno que o mercado nos dá. Felizmente, há algo que nos cabe a nós controlar: o custo do nosso investimento.
Uma vez que o lucro do nosso investimento será nada mais do que retorno - custo, minimizando o custo estamos a optimizar esta equação.
É aqui que entra a Vanguard, fundada por um grande senhor, John Bogle, em 1975.
O que a torna tão especial é que, no momento da sua fundação, John Bogle estruturou-a de forma a que fosse customer-owned e cujo objetivo fosse o breakeven (i.e., não é suposto ter lucro, mas sim apenas ser capaz de fazer face às suas despesas).
Para compreenderem a diferença, uma empresa de investimento pode ter duas formas:
  1. É uma empresa privada. Funciona da mesma forma que um negócio familiar e o objectivo é gerar valor para os donos - a Fidelity Investments é um exemplo;
  2. É uma empresa cotada em bolsa, detida por accionistas.
Em qualquer um destes casos, o objectivo da empresa é gerar lucro. Apenas deste modo serão capazes de pagar as suas despesas e remunerar os seus donos, sejam eles privados ou accionistas. Não é difícil perceber que quanto maior for o lucro, maior será a fatia dada a cada um destes agentes. Logo, há todo um incentivo para a maximizar tanto quanto possível. E imaginem de quem virá essa fatia...nós, investidores, claro!
Por outras palavras, quando investimos com uma destas empresas, estamos a pagar pelo investimento financeiro propriamente dito e mais alguns pózinhos para os seus donos/accionistas.
Logo, é claro que há aqui um conflito de interesses - o mesmo se passa com portfolio managers, mas isso fica para uma outra versão do post. O dono de uma empresa de investimento quer que os fees sejam tão altos quanto possível. Eu, enquanto investidor, quero pagar o mínimo.
Ainda que este modelo de negócio seja perfeitamente digno. Nós, investidores, temos uma solução melhor! Acontece que John Bogle quando fundou a Vanguard, fê-lo de modo a que a mesma fosse detida pelos fundos que esta opera. Ora, uma vez que são os investidores que detêm os fundos, na práctica, os investidores detêm a própria Vanguard.
Logo, qualquer lucro que a empresa tivesse entraria directamente para a nossa carteira. No entanto, dado que este circulo Investidor - Vnaguard Mutual Funds - Vanguard - Investidor seria um pouco non-sense, a Vanguard opera no breakeven, cobrando os custos mínimos para garantir a sua operação.
No que é isto se traduz, na práctica? No facto de que o expense ratio (ou seja, a taxa de encargos correntes) média dos fundos da Vanguard seja 0.2% contra 1,20% da indústria. Pode não parecer muito, mas considerando este valor sobre vários anos e sobre um capital considerável, dá uns bons mlhares de euros poupados no final de uma vida de investidor.
Lição 4: Fazer para crer
Dito isto, como é que se compra essas coisas estranhas, ETFs? Para o fazer, precisam de uma correctora ou broker. Cada correctora practica o seu próprio preço. Por isso, é importante compararem-nos antes de abrirem conta numa delas. Deixo-vos aqui e aqui e aqui imagens de tabelas comparativas das várias correctoras a operar em Portugal (obrigado, Bárbara Barroso). Para além dos custos de aquisição de títulos, algumas delas cobram ainda custos de manuntenção e/ou outros.
Muitas destas correctoras permitem criar contas demo. Caso estejam indecisos. criem uma e experimentem a plataforma de negociação.
Feito este passo, é uma questão de acederem à dita plataforma, procurar os títulos indicados acima e adquiri-los.
Frequently Asked Questions
Os mercados estão em máximos históricos. Por isso, uma recessão está para breve. Será que devo esperar que a dita recessão chegue e que os mercados acalmem?
Ninguém sabe ao certo quando - e sequer se - estaremos perante uma recessão. A pesquisa feita em torno dos retornos históricos demonstra que se tiveres X€ para investir, a melhor solução é colocá-los de uma só vez no mercado.
Mas ainda ontem ouvi o Miguel Sousa Tavares a dizer que estaria para breve!
Não.
Ah, mas a minha tia, que é economista, disse no jantar de Natal que a guerra comercial da China e dos EUA...
Não.
Ah, mas o meu piriquito...
Não.
Ninguém consegue fazer timing ao mercado e quem vos disser o contrário está a tentar enganar-vos. No caso de serem vocês próprios, sentem-se à espera que a vontade passe, 99.9% das vezes estarão enganados.
Devo investir com a Degiro?
Antes de usarem a DeGiro como vossa correctora leiam este thread e pesquisem Amsterdamtrader Degiro no Google.
Com este tópico pretendo apenas informar-vos. Como tal, ainda que vos possa partilhar convosco como giro os meus investimentos, tento ser o mais imparcial possível. No entanto, sou defensor que devemos fazer escolhas conscientes. Não digo que não seja uma boa opção, estejam apenas consciente do que se passa no background.
Qual é a correctora que usas, u/ORoxo**?**
Comecei por usar o Banco Invest porque me dava uma segurança adicional fazê-lo através de um banco no qual confio. No entanto, os custos eram demasiado elevados e agora faço-o pela DeGiro, apesar do indiquei no ponto imediatamente acima. O importante é termos consciência dos riscos, lembrem-se.
O que acontece se a correctora que uso for à falência?
Regra geral, as correctoras mantêm os nossos activos numa entidade legal separada. Na práctica, isto significa que a correctora teria uma entidades para o negócio de corretagem propriamente dito através da qual realiza todas as actividades inerentes à operação (i.e., pagar os salários dos empregados, receber os fees dos clientes, etc, etc) e outra entidade à qual os nossos activos estariam alocados (dinheiro que temos em conta e os nossos produtos financeiros). A vantagem deste tipo de estrutura é que, em caso de falência do negócio, os ativos dos investidores não poderiam ser usados para pagar aos credores da correctora.
Não vos posso dizer se na práctica é 100% assim mas, pelo menos em teoria, isto acontece (ver e ver). Usando a DeGiro como exemplo:
DEGIRO holds Financial Instruments for you in such a way that they cannot be accessed by creditors of DEGIRO, even if DEGIRO would be bankrupt.
Ainda assim, supondo que a DeGiro ia à falência, dado que está sediada na Holanda, estaria ao abrigo do Investor Compensation Scheme que fará face às obrigações da correctora até um limite de 20k€ por investidor.
Para vos dar outro exemplo, caso investissem através da Interactive Brokers, o limite seria 500k€, uma vez que estariamos ao abrigo da SIPC (Securities Investor Protection Corporation).
Estes valores/regras dependerão do país no qual a correctora está sediada. Caso queiram optar por outra, as preocupações deverão rondar as seguintes questões:
Qual é a rentabilidade anual que posso esperar do meu portfólio, se seguir as estratégias deste post?
Tendo em consideração os dados do último século, o retorno médio anual do mercado de capitais foi de 10%. Na práctica, isto quer dizer que se adquirires um ETF cujo benchmark seja o S&P500 ou um índice global (muitas vezes os ETF deste tipo têm WLR ou World no nome), no longo prazo (20+ anos), podes esperar um retorno anual de 10% nos teus investimentos. Atenta, por favor, que isto não quer dizer que terás todos os anos 10% - poderão haver anos que ganhas 30% e noutros perdes 15%, por exemplo. Ainda assim, no longo-prazo, em média, poderás esperar um retorno de 10%/ano.
O importante é que não faças o que a maior parte das pessoas faz: vender quando o mercado está a cair e comprar quanto o mercado está em alta. O nosso objectivo enquanto investidores de longo prazo deve ser comprar sempre o mesmo em valor absoluto (supõe que defines como objetivo uma taxa de poupança de 30%/mês; deverás investir sempre esses 30% quer o ETF custe 10€ ou 80€). Uns anos essa poupança de 30% comprará mais unidades do dito ETF, outras menos. Ainda assim, no final da nossa vida de investidor, poderemos esperar um retorno de 10%/ano, em média.
Para aqueles que são conservadores, usem 6% como referência.
O ETF xpto é uma boa alternativa aos que mencionas no teu post?
Quando consideramos investir num ETF há algumas questões que devemos colocar:
  1. Qual é o activo subjacente ao ETF?
  2. Qual o custo de gestão do ETF?
  3. O ETF é cumulativo ou distribuí dividendos?
  4. Em que praça é cotado?
  5. Em que moeda está denominado o ETF?
Em primeiro lugar, importa perceber qual é o activo que está subjacente ao ETF.
Em segundo lugar, importa analisar os custos.
Eu posso pensar "epah estar exposto ao mundo todo é melhor do que estar apenas exposto ao mercado dos EUA." Certíssimo. No entanto, o retorno que irei ter ao estar exposto a empresas de diferentes geografias vai compensar a diferença de custos de gestão anuais que terei de pagar? Para além disso, supondo que estou a investir em empresas do S&P500, a maior parte delas operam em vários mercados. Será que faz sentido optar por um ETF que diversifica ainda mais, incorrendo em custos superiores, quando as grandes empresas são, hoje em dia, na sua grande maioria, globais?".
O ponto 3, ainda para mais em Portugal, é fulcral. Cada vez que te forem pagos dividendos, pagarás 28% de imposto. Logo, supondo que recebes 1.000€ de dividendos, só receberás à cabeça 720€. Num ano, pode não parecer muito, capitaliza isto pela tua vida de investidor, no meu caso 50 ou 60€ e tens uma valente fortuna paga ao Estado, sem motivo para isso.
Qual é então a solução? Fácil! Investir num ETF que invés de te dar os 1.000€ todos os anos, os investe automaticamente no ETF. Não só poupaste 28% em imposto como o poder do juro composto vai multiplicar este valor inúmeras vezes. Lembra-te, sempre que possível, accumulating.
O próximo ponto também é essencial uma vez que se o EFT for cotado nos EUA não está sequer acessível para nós. Infelizmente, as normas europeias exigem que os issuers forneçam uma série de informação, sem a qual os ETF não poderão ser transacionados em bolsa Europeias. Consequentemente, não são sequer solução para nós porque simplesmente não estão disponíveis.
Por último, há pessoas que consideram que seja bastante importante a moeda na qual o ETF está cotado devido ao currency risk (i.e., supõe que tens um activo em USD e gastas o teu dinheiro em EUR. O risco é que o USD desvalorize face ao EUR e que, consequentemente, percas poder de compra).
Pessoalmente, não é algo que me faça perder o sono, mas é uma questão a considerar.
O que acontecerá às minhas poupanças daqui a 20 anos se conseguir investir mais 50€/mês?
De acordo com esta calculadora, daqui a 20 anos terás mais 36.199,34€ ou 22.782,29€, consoante a tua perspectiva face à taxa de juro seja optimista ou pessimista, respectivamente.
Quero aprender mais sobre o tópico. O que me aconselhas?
Infelizmente, muito do conteúdo que existe está extremamente vocacionado para o mercado Norte-americano, em particular os EUA - surprise, surprise, han?
De qualquer modo, existem muitas (e boas!) lições que podemos adaptar à nossa realidade. Por isso, caso se sintam à vontade a ler inglês aconselho os seguintes livros:
Creio que para a maior parte deles poderão encontrar a versão em PT. No entanto, caso considerem que há interesse posso fazer um breve resumo de cada um deles e incluí-lo no âmbito do thread.
Para aqueles cujas versões de inglês forem suficientes, mas cujo valor dos livros faça diferença no orçamento familiar, mandem-me dm.
Tenho mais de 100.000€ disponível para investir, devo seguir o mesmo processo?
Não.
Nesse caso, por favor, abre uma garrafa de champanhe. Para além de estares entre os 20% mais ricos de Portugal e dinheiro não ser uma preocupação para ti, podes investir directamente com a Vanguard.
Para o fazeres, envia um e-mail para [email protected] com a indicação de que pretendes investir no index fund cujo ISIN é IE0002639668. Infelizmente, a partir daqui não te consigo ajudar mais, uma vez que ainda não estou neste patamar. Contudo, para questões particulares, estou sempre disponível por dm, se necessitares.
Caso pretendas consultar os restantes fundos disponíveis para investidores portugueses podes fazê-lo aqui.
Creio que já deu para entender que adoro este temas. Por isso, caso tenham alguma questão, estejam completamente à vontade para a colocar nos comentários ou enviar-me dm. Terei todo o gosto em ajudar cada um de vocês em tudo o que me for possível.
Como qualquer pessoa, sou humano e, como tal, não sei tudo. Ainda assim, se for esse o caso, estou disponível para ir aprender de modo a ser capaz de vos explicar e partilhar convosco.
Provavelmente editarei este tópico várias vezes à medida que me for lembrando de mais informação. Até lá, espero que vos seja útil!
submitted by ORoxo to literaciafinanceira [link] [comments]


2019.12.28 13:24 ORoxo Como investir Keep it simple, Stupid!

Olá,
Se chegaste até aqui é porque estás preocupado com as tuas finanças, por isso, parabéns!
De facto, é uma preocupação fundamentada, uma vez que, de acordo com Relatório sobre a Sustentabilidade Financeira da Segurança Social publicado em Outubro de 2018 como anexo do Orçamento de Estado de 2019, a Segurança Social como a conhecemos hoje esgotar-se-á no final da segunda metade da década de 2040.

O FEFSS (Fundo de Estabilização Financeira da Segurança Social), a ser utilizado perante saldos negativos do sistema previdencial a partir do final da segunda metade da década de 2020, teria com a atual projeção, um esgotamento no final da segunda metade da década de 2040, representando uma melhoria face à projeção do relatório de sustentabilidade anexo ao Relatório do OE de 2017, em cinco anos.

Assim, se, tal como eu, estás a iniciar a tua vida adulta, provavelmente será responsável pelo teu próprio sustento durante a idade da reforma. Como tal, temos de arranjar uma forma de garantir que o nosso dinheiro rende, para garantir esse conforto futuro.
A melhor forma que conheço para o fazer é através de investimentos, algo que começa agora a ser falado no nosso país, mas sobre o qual a generalidade das pessoas ainda sabe muito pouco.

Ao contrário de subs de outros países relacionadas com finanças pessoais onde existem vários tópicos Guide, em Portugal, tal não acontece.
Para colmatar essa lacuna, decidi escrever este post que espero ajudar aqueles que buscam conselhos financeiros e que se deparam com esta comunidade pela primeira vez.
Infelizmente (ou felizmente) não venho de famílias abastadas. Como tal, há cerca de 2/3 anos quando comecei a ganhar alguma autonomia financeira coincidente com a minha entrada no mercado de trabalho, comecei a pensar como é viria a fazer face às minhas despesas - casa, carro, alimentação, etc.
Desta reflexão resultaram muitas horas de leitura e lições que agora partilho aqui convosco:

Lição 1: ninguém cuidará melhor do vosso dinheiro do que vocês.
Começo por partilhar convosco que uma das coisas que mais me irrita na indústria financeira - e no qual tenho a minha quota-parte de culpa, dado que é a minha área de formação - é da necessidade de complicar. Alguém que esteja de fora, ficará intimidado pela complexidade de palavras que usamos como asset alocation, derivatives, bonds, stocks, optimal portfolio allocation, options, warrants e futuros. Como se isso não bastasse, não educamos os jovens em finanças - em muitos casos temos dificuldade em poupar e noutros tantos em perceber como investir.
Claro que toda esta iliteracia financeira é um paraíso para portfolio managers e outros agentes dispostos a investir o vosso dinheiro por vocês. Porquê, perguntam vocês?
Existem três formas através das quais um porfolio manager consegue fazer dinheiro para a empresa:
  1. Comissões sobre produtos;
  2. Assets Under Management;
  3. Aconselhamento 1-on-1.

Em primeiro lugar, parte do salário de um portfolio manager, é variável. Por outras palavras, está dependente do lucro que trouxer para a empresa. Como tal, não é de admirar que vos sugerirão aqueles produtos que lhes dêem maior retorno, independentemente do retorno que vos trouxerem para vocês. Como tal, aqueles produtos que vos tentarão enfiar pela garganta abaixo são precisamente aqueles que vão de acordo com os objectivos deles (maximizar lucro) e não necessariamente os vossos (maximizar o retorno).
Para além disso, existe também o modelo AUM (Assets Under Management) que na práctica é 1-2% que vos cobrados pelo valor de activos na vossa carteiro. A título de exemplo, suponham que eu tenho 100.000€ investidos na institução A cuja taxa AUM é de 2%. Todos os anos terei de pagar 2.000€ à instituição financeira que faz a gestão dos meus activos, independentemente de ter, ou não lucro. Imaginem que num dado ano tive 6% de retorno, a inflação foi de 3% e a AUM é de 2%. Resta-me 1% de um retorno que deveria ter sido 3%. De repente, um ano que até teria sido bastante positivo transformou-se num mísero 1%. (Parece-vos justo? Nem a mim...)
Por último, alguns advisors estão ainda disponíveis para vos aconselha por uma módica quantia de X, sendo X um valor absolutamente ridículo para o qual não existe qualquer justificação lógica. Como se tal não bastasse, muitas vezes esse aconselhamento não se traduz em qualquer valor acrescentado para nós. Com sorte, vai de encontro ao ponto 1 e comem-nos por parvos duas vezes: no aconselhamento que roçou o medíocre e na venda de um produto com comissões altíssimas e retornos pelas ruas da amargura.

Dito isto, aqui fica a primeira lição: ninguém cuidará melhor do vosso dinheiro do que vocês!

No entanto, identificar um problema sem o tentar resolver soa-me um pouco hipócrita. Por isso, deixem-me introduzir-vos à segunda lição: é mais fácil do que parece.

Dado que, como já partilhei convosco acima, a minha formação base é finanças, comecei a pensar "como é que se investe?". Esta questão levou-me a ler vários livros sobre investimento e apercebi-me que, ao contrário do que todos os profissionais da área faziam parecer crer, investir, era bastante simples.
Tão simples, de facto, que alguém com zero experiência como investidor conseguirá obter um retorno melhor do que 80% dos ditos portfolio managers utilizando apenas as ferramentas que partilharei convosco neste thread.

O quê?! 80%?! Mas investir não é difícil?!
Não.

O quê?! Melhores retornos que portfolio managers que vivem, respiram e comem informação financeira?
Sim.

Afinal eu não preciso de pagar fees ao meu banco para investir por mim?!
Não.

Contudo, antes de partilhar convosco quais são essas ferramentas há três questões que são imperativas que saibam responder:

  1. Em que fase da vossa vida é que estão? Acumulação ou Preservação de riqueza?;
  2. Que níveis de risco é que estão disponíveis a aceitar?;
  3. O vosso horizonte temporal a nível de investimentos é longo ou curto prazo?.

Certamente repararam que as três questões estão intrinsecamente ligadas e que existe um tema comum a todas elas, risco. Pelo que gostava de começar por abordá-lo em primeiro lugar.
Ao contrário do que vos possam dizer ou vocês próprios possam pensar, não existe nenhum investimento 100% seguro.
Experimentem colocar o vosso dinheiro debaixo do colchão durante 20 anos e depois contem-me como os 20k€ que com tanto esforço, suor e lágrimas amealharam valem agora apenas 5k€ em bens e/ou serviços. Ou talvez vocês seja pessoas conservadoras e decidam comprar títulos do tesouro, mas nesse caso apresentar-vos-ei a minha inflação ou então são completamente o oposto e decidem que acções is the way to go, caso em que opto por vos dar a conhecer a minha outra amiga, deflação.
Estes exemplos não servem para vos desincentivar de investir. Queria apenas de uma forma, mais ou menos, lúdica demonstrar-vos que, qualquer que seja a nossa opção, nunca estamos 100% seguros. Consequentemente, a única opção que nos resta é fazer as escolhas que julgamos serem as mais correctas com a informação que temos disponível de momento - e atenção que não fazer escolha é, em si, uma escolha.
Dito isto, existem apenas outras três ferramentas que necessitam para construir o vosso portfolio:
(já repararam que eu gosto de manter as coisas simples?)

  1. Acções
E se invés de apostarmos numa única equipa e rezássemos para que essa equipa vencesse, pudéssemos apostar que uma qualquer equipa entre todas as que estão na competição poderia ganhar? As nossas odds seriam bem melhores, verdade?
É isso que constitui um index fund - um cabaz de acções de várias empresas. Regra geral, cada index fund tem um benchmark que segue o que acaba por definir as ações nas quais esse index fund invest. Tudo o que precisam de saber são três siglas muito simples, IWDA:NA, VUSA e VWRL.

Quais as diferenças?
Dentro dos fundos cotados (aka ETFs), existem duas sub-classes no que toca à distribuição dos dividendos consoante o fundo reeinvista autmaticamente os dividendos ou caso os distribua aos investidores, chamados accumulation ou distribution, respectivamente*.*
Isto é relevante principalmente para efeitos fiscais. No que toca a investimentos desta natureza, existem dois momentos nos quais estás sujeito a imposto.
Na altura de receberes os dividendos e no momento da venda propriamente dito.
Aquando da distribuição dos dividendos, o teu broker transferirá para a conta bancária associada o valor dos dividendos retirados os 28% de imposto. No momento da venda, analisar-se-á qual a mais ou menos valia que há a realizar. Isto é, se vendeste o investimento a um preço superior ao que compraste, o valor de imposto a pagar será de 28% sobre essa diferença. Se o valor de venda for inferior ao valor de compra, não terás qualquer imposto a pagar.
Logo, salvo raras excepções, é aconselhável que se invista num ETF que seja cumulativo (IWDA:NA). Desta forma, tiraremos proveito da capitalização composta dos juros ao mesmo tempo que adiamos o pagamento de impostos desnecessários.

  1. Obrigações
As obrigações proporcionam uma viagem ao longo do percurso de investidor um pouco mais suave. Pessoalmente, dada a minha idade, não creio que tenha muito interesse para mim. No entanto, para investidores mais conservadores, BND e AGGG-fund?switchLocale=y&siteEntryPassthrough=true) são as única sigla que precisam de conhecer neste sub-universo.

  1. Dinheiro
Um fundo de emergência é algo que devemos sempre ter. Ninguém sabe o que acontecerá no dia de amanhã e enquanto investidores de longo-prazo não queremos ter de liquidar os nossos activos devido a uma emergência. Por isso, três a seis meses de despesas fixas é um bom objectivo para se ter em dinheiro numa conta a ordem ou conta poupança que possa ser movimentada sem incorrer em custos.

Lição 2: Todos os portfolio managers acreditam que conseguem bater o mercado. Por sua vez, nós, investidores, acreditamos que conseguimos escolher aqueles que o fazem. Estamos todos enganados.

Imaginem uma sala cheia de crânios financeiros, vestidos nos seus fatos com tecidos italianos. Estes profissionais contam com anos de experiência nos mercados de capitais, para não falar das décadas passadas a estudar em grandes Business Schools.
Para além disso, têm à sua disposição inúmeras ferramentas da Bloomberg, Reuters e outros grandes players que lhes permitem ter acesso a toda a informação, constantemente actualizada, a qualquer instante.
Apesar de trabalharem noite e dia, estes guerreiros também descansam para um ocasional café, cigarro e almoço de negócios. Nesses raros e curtos momentos, encontram-se com outros analistas, experts, insiders das empresas nas quais investem e outra panóplia de gente importante.
Ao conviverem tão próximos com a realidade na qual investem, de certeza que eles sabem o que andam a fazer, certo?
Ahhhhh...think again.
Está comprovado impericamente (clicar irá fazer o download de um pdf) que os vários fundos de investimento não são capazes de dar rendibilidade superior ao seus investidores, quando comparado com o mercado.
Num horizonte temporal de 5 anos, 84,15% dos fundos de investimento tiveram uma performance pior do que o S&P500.
Logo, para terem um retorno superior ao mercado, vocês teriam de escolher o melhor fundo de investimentos possível, de um conjunto de 10! Como se isso não bastasse - e supondo que escolhiam o fundo vencedor -, ser-vos-ia cobra entre 1 a 2% em comissões. Não é muito? Para ilustrar a diferença que isto pode fazer, sigam o meu raciocínio:

Suponham que investiram 10.000€ há 30 anos num dado activo. A rentabilidade média desse mesmo activo foi de 7%, já tida a inflação em conta. Se tivessem investido vocês mesmos esse valor num index fund, teriam aproximadamente 66.000€. Por sua vez, se tivessem escolhido o fundo vencedor teriam apenas 43.000€. Uma diferença de 23.000€ tendo por base apenas 2%. Funny, right?

(aqui estou a supor que o fundo vencedor vos proporcionava apenas a mesma rentabilidade dada pelo mercado, mas dado que assumi, de 10 fundos de investimento, vocês escolhiam o único cuja rentabilidade não era pior que a do mercado, parece-me justo para balançar o cenário)

Este exemplo introduz-nos à próxima lição.

Lição 3: Controlem o que conseguem controlar

Esta conversa é toda muito bonita, mas o que raio é essa coisa da Vanguard e porque é que todos os EFTs que sugeres são geridos por eles? Afinal, também és um vendedor?!

Bom ponto, tens estado atento!
Um mercado de capitais é um sítio feio, se não soubermos gerir as emoções provavelmente perderemos muito dinheiro - mais sobre isto numa edição futura do post. A verdade é que os nossos investimentos irão desvalorizar e valorizar várias vezes ao longo do tempo. Como tal, uns anos serão positivos e outros nem tanto. Isto para dizer algo que ninguém gosta de ouvir: não podemos controlar o retorno que o mercado nos dá. Felizmente, há algo que nos cabe a nós controlar: o custo do nosso investimento.
Uma vez que o lucro do nosso investimento será nada mais do que retorno - custo, minimizando o custo estamos a optimizar esta equação.
É aqui que entra a Vanguard, fundada por um grande senhor, John Bogle, em 1975.
O que a torna tão especial é que, no momento da sua fundação, John Bogle estruturou-a de forma a que fosse customer-owned e cujo objetivo fosse o breakeven (i.e., não é suposto ter lucro, mas sim apenas ser capaz de fazer face às suas despesas).
Para compreenderem a diferença, uma empresa de investimento pode ter duas formas:

  1. É uma empresa privada. Funciona da mesma forma que um negócio familiar e o objectivo é gerar valor para os donos - a Fidelity Investments é um exemplo;
  2. É uma empresa cotada em bolsa, detida por accionistas.

Em qualquer um destes casos, o objectivo da empresa é gerar lucro. Apenas deste modo serão capazes de pagar as suas despesas e remunerar os seus donos, sejam eles privados ou accionistas. Não é difícil perceber que quanto maior for o lucro, maior será a fatia dada a cada um destes agentes. Logo, há todo um incentivo para a maximizar tanto quanto possível. E imaginem de quem virá essa fatia...nós, investidores, claro!
Por outras palavras, quando investimos com uma destas empresas, estamos a pagar pelo investimento financeiro propriamente dito e mais alguns pózinhos para os seus donos/accionistas.
Logo, é claro que há aqui um conflito de interesses - o mesmo se passa com portfolio managers, mas isso fica para uma outra versão do post. O dono de uma empresa de investimento quer que os fees sejam tão altos quanto possível. Eu, enquanto investidor, quero pagar o mínimo.
Ainda que este modelo de negócio seja perfeitamente digno. Nós, investidores, temos uma solução melhor! Acontece que John Bogle quando fundou a Vanguard, fê-lo de modo a que a mesma fosse detida pelos fundos que esta opera. Ora, uma vez que são os investidores que detêm os fundos, na práctica, os investidores detêm a própria Vanguard.
Logo, qualquer lucro que a empresa tivesse entraria directamente para a nossa carteira. No entanto, dado que este circulo Investidor - Vnaguard Mutual Funds - Vanguard - Investidor seria um pouco non-sense, a Vanguard opera no breakeven, cobrando os custos mínimos para garantir a sua operação.

No que é isto se traduz, na práctica? No facto de que o expense ratio (ou seja, a taxa de encargos correntes) média dos fundos da Vanguard seja 0.2% contra 1,20% da indústria. Pode não parecer muito, mas considerando este valor sobre vários anos e sobre um capital considerável, dá uns bons mlhares de euros poupados no final de uma vida de investidor.

Lição 4: Fazer para crer
Dito isto, como é que se compra essas coisas estranhas, ETFs? Para o fazer, precisam de uma correctora ou broker. Cada correctora practica o seu próprio preço. Por isso, é importante compararem-nos antes de abrirem conta numa delas. Deixo-vos aqui e aqui e aqui imagens de tabelas comparativas das várias correctoras a operar em Portugal (obrigado, Bárbara Barroso). Para além dos custos de aquisição de títulos, algumas delas cobram ainda custos de manuntenção e/ou outros.
Muitas destas correctoras permitem criar contas demo. Caso estejam indecisos. criem uma e experimentem a plataforma de negociação.
Feito este passo, é uma questão de acederem à dita plataforma, procurar os títulos indicados acima e adquiri-los.


Frequently Asked Questions

Os mercados estão em máximos históricos. Por isso, uma recessão está para breve. Será que devo esperar que a dita recessão chegue e que os mercados acalmem?
Ninguém sabe ao certo quando - e sequer se - estaremos perante uma recessão. A pesquisa feita em torno dos retornos históricos demonstra que se tiveres X€ para investir, a melhor solução é colocá-los de uma só vez no mercado.

Mas ainda ontem ouvi o Miguel Sousa Tavares a dizer que estaria para breve!
Não.
Ah, mas a minha tia, que é economista, disse no jantar de Natal que a guerra comercial da China e dos EUA...
Não.
Ah, mas o meu piriquito...
Não.

Ninguém consegue fazer timing ao mercado e quem vos disser o contrário está a tentar enganar-vos. No caso de serem vocês próprios, sentem-se à espera que a vontade passe, 99.9% das vezes estarão enganados.

Devo investir com a Degiro?
Antes de usarem a DeGiro como vossa correctora leiam este thread e pesquisem Amsterdamtrader Degiro no Google.
Com este tópico pretendo apenas informar-vos. Como tal, ainda que vos possa partilhar convosco como giro os meus investimentos, tento ser o mais imparcial possível. No entanto, sou defensor que devemos fazer escolhas conscientes. Não digo que não seja uma boa opção, estejam apenas consciente do que se passa no background.

Qual é a correctora que usas, u/ORoxo**?**
Comecei por usar o Banco Invest porque me dava uma segurança adicional fazê-lo através de um banco no qual confio. No entanto, os custos eram demasiado elevados e agora faço-o pela DeGiro, apesar do indiquei no ponto imediatamente acima. O importante é termos consciência dos riscos, lembrem-se.

O que acontece se a correctora que uso for à falência?
Regra geral, as correctoras mantêm os nossos activos numa entidade legal separada. Na práctica, isto significa que a correctora teria uma entidades para o negócio de corretagem propriamente dito através da qual realiza todas as actividades inerentes à operação (i.e., pagar os salários dos empregados, receber os fees dos clientes, etc, etc) e outra entidade à qual os nossos activos estariam alocados (dinheiro que temos em conta e os nossos produtos financeiros). A vantagem deste tipo de estrutura é que, em caso de falência do negócio, os ativos dos investidores não poderiam ser usados para pagar aos credores da correctora.
Não vos posso dizer se na práctica é 100% assim mas, pelo menos em teoria, isto acontece (ver e ver). Usando a DeGiro como exemplo:

DEGIRO holds Financial Instruments for you in such a way that they cannot be accessed by creditors of DEGIRO, even if DEGIRO would be bankrupt.

Ainda assim, supondo que a DeGiro ia à falência, dado que está sediada na Holanda, estaria ao abrigo do Investor Compensation Scheme que fará face às obrigações da correctora até um limite de 20k€ por investidor.
Para vos dar outro exemplo, caso investissem através da Interactive Brokers, o limite seria 500k€, uma vez que estariamos ao abrigo da SIPC (Securities Investor Protection Corporation).
Estes valores/regras dependerão do país no qual a correctora está sediada. Caso queiram optar por outra, as preocupações deverão rondar as seguintes questões:


Qual é a rentabilidade anual que posso esperar do meu portfólio, se seguir as estratégias deste post?
Tendo em consideração os dados do último século, o retorno médio anual do mercado de capitais foi de 10%. Na práctica, isto quer dizer que se adquirires um ETF cujo benchmark seja o S&P500 ou um índice global (muitas vezes os ETF deste tipo têm WLR ou World no nome), no longo prazo (20+ anos), podes esperar um retorno anual de 10% nos teus investimentos. Atenta, por favor, que isto não quer dizer que terás todos os anos 10% - poderão haver anos que ganhas 30% e noutros perdes 15%, por exemplo. Ainda assim, no longo-prazo, em média, poderás esperar um retorno de 10%/ano.
O importante é que não faças o que a maior parte das pessoas faz: vender quando o mercado está a cair e comprar quanto o mercado está em alta. O nosso objectivo enquanto investidores de longo prazo deve ser comprar sempre o mesmo em valor absoluto (supõe que defines como objetivo uma taxa de poupança de 30%/mês; deverás investir sempre esses 30% quer o ETF custe 10€ ou 80€). Uns anos essa poupança de 30% comprará mais unidades do dito ETF, outras menos. Ainda assim, no final da nossa vida de investidor, poderemos esperar um retorno de 10%/ano, em média.

Para aqueles que são conservadores, usem 6% como referência.

O ETF xpto é uma boa alternativa aos que mencionas no teu post?
Quando consideramos investir num ETF há algumas questões que devemos colocar:
  1. Qual é o activo subjacente ao ETF?
  2. Qual o custo de gestão do ETF?
  3. O ETF é cumulativo ou distribuí dividendos?
  4. Em que praça é cotado?
  5. Em que moeda está denominado o ETF?
Em primeiro lugar, importa perceber qual é o activo que está subjacente ao ETF.
Em segundo lugar, importa analisar os custos.
Eu posso pensar "epah estar exposto ao mundo todo é melhor do que estar apenas exposto ao mercado dos EUA." Certíssimo. No entanto, o retorno que irei ter ao estar exposto a empresas de diferentes geografias vai compensar a diferença de custos de gestão anuais que terei de pagar? Para além disso, supondo que estou a investir em empresas do S&P500, a maior parte delas operam em vários mercados. Será que faz sentido optar por um ETF que diversifica ainda mais, incorrendo em custos superiores, quando as grandes empresas são, hoje em dia, na sua grande maioria, globais?".
O ponto 3, ainda para mais em Portugal, é fulcral. Cada vez que te forem pagos dividendos, pagarás 28% de imposto. Logo, supondo que recebes 1.000€ de dividendos, só receberás à cabeça 720€. Num ano, pode não parecer muito, capitaliza isto pela tua vida de investidor, no meu caso 50 ou 60€ e tens uma valente fortuna paga ao Estado, sem motivo para isso.
Qual é então a solução? Fácil! Investir num ETF que invés de te dar os 1.000€ todos os anos, os investe automaticamente no ETF. Não só poupaste 28% em imposto como o poder do juro composto vai multiplicar este valor inúmeras vezes. Lembra-te, sempre que possível, accumulating.
O próximo ponto também é essencial uma vez que se o EFT for cotado nos EUA não está sequer acessível para nós. Infelizmente, as normas europeias exigem que os issuers forneçam uma série de informação, sem a qual os ETF não poderão ser transacionados em bolsa Europeias. Consequentemente, não são sequer solução para nós porque simplesmente não estão disponíveis.
Por último, há pessoas que consideram que seja bastante importante a moeda na qual o ETF está cotado devido ao currency risk (i.e., supõe que tens um activo em USD e gastas o teu dinheiro em EUR. O risco é que o USD desvalorize face ao EUR e que, consequentemente, percas poder de compra).
Pessoalmente, não é algo que me faça perder o sono, mas é uma questão a considerar.

O que acontecerá às minhas poupanças daqui a 20 anos se conseguir investir mais 50€/mês?
De acordo com esta calculadora, daqui a 20 anos terás mais 36.199,34€ ou 22.782,29€, consoante a tua perspectiva face à taxa de juro seja optimista ou pessimista, respectivamente.

Terás tido um proveito líquido de 19% com esta simples operação, excluído eventuais comissões de resgate e subscrição. Daí que o passo 1 seja importante.
De nada :)

Quero aprender mais sobre o tópico. O que me aconselhas?
Infelizmente, muito do conteúdo que existe está extremamente vocacionado para o mercado Norte-americano, em particular os EUA - surprise, surprise, han?
De qualquer modo, existem muitas (e boas!) lições que podemos adaptar à nossa realidade. Por isso, caso se sintam à vontade a ler inglês aconselho os seguintes livros:


Creio que para a maior parte deles poderão encontrar a versão em PT. No entanto, caso considerem que há interesse posso fazer um breve resumo de cada um deles e incluí-lo no âmbito do thread.
Para aqueles cujas versões de inglês forem suficientes, mas cujo valor dos livros faça diferença no orçamento familiar, mandem-me dm.

Tenho mais de 100.000€ disponível para investir, devo seguir o mesmo processo?
Não.
Nesse caso, por favor, abre uma garrafa de champanhe. Para além de estares entre os 20% mais ricos de Portugal e dinheiro não ser uma preocupação para ti, podes investir directamente com a Vanguard.
Para o fazeres, envia um e-mail para [[email protected]](mailto:[email protected]) com a indicação de que pretendes investir no index fund cujo ISIN é IE0002639668. Infelizmente, a partir daqui não te consigo ajudar mais, uma vez que ainda não estou neste patamar. Contudo, para questões particulares, estou sempre disponível por dm, se necessitares.
Caso pretendas consultar os restantes fundos disponíveis para investidores portugueses podes fazê-lo aqui.


Creio que já deu para entender que adoro este temas. Por isso, caso tenham alguma questão, estejam completamente à vontade para a colocar nos comentários ou enviar-me dm. Terei todo o gosto em ajudar cada um de vocês em tudo o que me for possível.
Como qualquer pessoa, sou humano e, como tal, não sei tudo. Ainda assim, se for esse o caso, estou disponível para ir aprender de modo a ser capaz de vos explicar e partilhar convosco.

Provavelmente editarei este tópico várias vezes à medida que me for lembrando de mais informação. Até lá, espero que vos seja útil!
submitted by ORoxo to financaspessoaispt [link] [comments]


2019.12.20 00:40 ebookrevenda Quais são os melhores pequenos negócios para se começar em 2020?

Quais são os melhores pequenos negócios para se começar em 2020?

https://preview.redd.it/jne52siueo541.png?width=900&format=png&auto=webp&s=cb5db375109f6a59c913bb1919ff0175da5a2c81
O negócio que irei citar não se trata exatamente de abrir uma empresa ou algo do tipo que venha a te dar muito trabalho e talvez você nem chegue a prosperar, a dica que dou é para que você busque trabalhos online, essa tendência vem a cada dia se tornando mais comum entre jovens, idosos, crianças.
Se parar por alguns minutos para pensar tenho certeza que vai se lembrar de alguém que já citou trabalhar ou ganhar dinheiro na internet de alguma forma, então você já sabe que isso é totalmente possível. Hoje temos milhões de pessoas fazendo isso e para você entrar nessa onda é bem simples e vai levar apenas algumas horas para iniciar um projeto que pode te fazer ganhar muito.
Em trabalhos online o mais necessário é sua dedicação e trabalho constantes, não adianta entrar em algum sistema de trabalho e esperar o dinheiro surgir do dia para a noite, você tem que trabalhar e se dedicar fazendo o proposto e assim com certeza total vai ter resultados que nem mesmo você esperaria.
O QUE POSSO FAZER PARA TRABALHAR ONLINE? Hoje temos uma diversidade enorme de sistemas onde se pode iniciar um trabalho online, cabe a você encontrar o que melhor se adeque a seu estilo e necessidades, porém em sua maioria são sistemas de afiliação onde você se afilia e pode indicar algum produto ou serviço, geralmente é pago a você comissões por cadastro ou indicação ou algo do tipo.
Eu particularmente adoro esses tipos de trabalho pois não tenho responsabilidade alguma além logicamente da divulgação do produto ou serviço, toda a responsabilidade fica por parte dos desenvolvedores ou produtores dos serviços. Vou citar abaixo um exemplo de trabalho bem simples onde você pode ganhar muito bem, veja:
TRABALHO ONLINE QUE VOCÊ PODE FAZER
Você pode por exemplo trabalhar divulgando um software, esse é um dos trabalhos que pratico online, esse software serve para se fazer publicidade, você pode conhecer mais sobre ele no site programadivulgarsite.com.br é algo bem fácil de se vender online pois milhões de pessoas estão buscando por esse tipo de produto para divulgar seus sites, produtos, serviços, e muitas outras coisas…
O bom desse sistema é justamente o que citei antes, seu único trabalho é divulgar o link que eles te fornecem do software, após isso basta aguardar as pessoas visitarem o seu link e a cada novo registro nele você ganha sua comissão que chega a 50%, “preço excelente” poucos sistemas pagam tão bem, esse sistema tem painel de controle onde você pode acompanhar suas visitas, pedidos de pagamento pelo software que foram feitos em seu link, etc…
Se você quer fazer algo com investimento quase 0 esse é um tipo de serviço em que você pode ganhar muito bem… Fica a dica, porem como disse existe uma grande variedade de trabalho mais que você pode pesquisar.
Trabalhos assim valem muito a pena e com total certeza se dedicando você vai tirar além do seu trabalho atual um ótimo extra, e assim vai sobrar grana ai.
Eu espero que minha resposta tenha sido adequada a sua pergunta, se você estiver de fato em busca de algo do tipo desejo muito sucesso e a sugestão de que se dedique pois em trabalhos online o segredo entre o sucesso e o fracasso é a dedicação.
FICO MUITO GRATO SE PUDER DAR UM VOTO POSITIVO, abraços e até uma proxima.
Palavras Chave Relacionadas
pequenos negócios para investir, pequenos negócios que dão dinheiro, pequenos negócios no brasil, pequenos negócios lucrativos, pequenos negócios de alimentação, pequenos negócios grandes empresas, pequenos negócios rentáveis, pequenos negócios geram 75 dos empregos formais em setembro, pequenos negócios alimentícios, pequenos negócios alimentação, pequenos negócios americanos, pequenos negócios agropecuários, pequenos negócios de sucesso, pequenos negócios de bairro, de pequenos negócios, a inovação nos pequenos negócios, pequenos negócios bons lucros, pequenos negócios bem sucedidos, pequenos negócios bar, pequenos negócios beleza, pequenos negócios rio branco acre, pequenos negócios agencia brasil, pequenos negócios com retorno rápido, pequenos negócios com grandes lucros, pequenos negócios com 1000 reais, pequenos negócios com pouco investimento e grande lucratividade, pequenos negócios criativos e lucrativos, pequenos negócios criativos, pequenos negócios com pouco capital, pequenos negócios do futuro, pequenos negócios desafios e perspectivas, ideias de pequenos negócios, dicas de pequenos negócios, ideias de pequenos negócios que deram certo, gestão de pequenos negócios, ideias de pequenos negócios lucrativos, oportunidades de pequenos negócios em portugal, dicas de pequenos negócios com baixo investimento, opções de pequenos negócios, tipos de pequenos negócios, pequenos negócios em cidades pequenas, pequenos negócios e grandes empresas, pequenos negócios em alta, pequenos negócios e lucrativos, pequenos negócios em ascensão, pequenos negócios em recife, empreendedorismo e pequenos negócios, empreendedorismo e pequenos negócios - cespe / unb gabarito, micro e pequenos negócios, grandes e pequenos negócios, startups e pequenos negócios, grandes empresas e pequenos negócios, grandes empresas e pequenos negócios globo, grandes empresas e pequenos negócios franquias, grandes empresas e pequenos negócios de hoje, grandes empresas e pequenos negócios 2019, empreender pequenos negócios, empreendedorismo pequenos negócios, pequenos negócios franquias, pequenos negócios fabricas, grandes empresas pequenos negócios franquias, estatística dos pequenos negócios. fonte sebrae (2016), grandes empresas pequenos negócios food truck, f pequeno, pequenos negócios geram 75 das novas vagas de trabalho em setembro, pequenos negócios grandes ideias, pequenos negócios ganhar dinheiro, pequenos negócios globo, pequenos grandes negócios, revista pequenos negócios grandes empresas, pequenos negócios home office, grandes empresas pequenos negócios hoje, grandes empresas pequenos negócios horario, hortas pequenos negócios, pequenos negócios inovadores, pequenos negócios informais, pequenos negócios ideias, pequenos negócios internet, pequenos negócios investimento, pequenos negócios investidores, pequenos negócios individual, pequenos negócios para jovens, j pequeno, k pequeno, pequenos negócios lucrativos sebrae, pequenos negócios lucrativos que deram certo, pequenos negócios lucrativos em cidades pequenas, pequenos negócios lucrativos 2018, pequenos negócios mercearia, pequenos negócios maquinas, pequenos negócios material de construção, pequenos negócios para montar, quais os pequenos negócios mais lucrativos, pequenos negócios na area de alimentação, pequenos negócios nos estados unidos, pequenos negócios na internet, pequenos negócios no ramo de alimentação, pequenos negócios nos eua, pequenos negócios no exterior, pequenos negócios no campo, pequenos negócios online, ideias de pequenos negócios online, os pequenos negócios mais lucrativos, os pequenos negócios no brasil, o que são pequenos negócios, o financiamento dos pequenos negócios no brasil, pequenos negócios promissores, para pequenos negócios, ideias para pequenos negócios, maquinas para pequenos negócios, dicas para pequenos negócios, ideias para pequenos negócios lucrativos, emprestimo para pequenos negócios, integridade para pequenos negócios, marketing para pequenos negócios, consultoria para pequenos negócios, financiamento para pequenos negócios, pequenos negócios que deram certo 2019, pequenos negócios que rendem dinheiro, pequenos negócios que estão em alta, pequenos negócios que podem dar certo, pequenos negócios que dão certo com pouco dinheiro, pequenos negócios que vendem mais, pequenos negócios rurais, pequenos negócios rentáveis 2018, pequenos negócios para renda extra, pequenos negócios sebrae, pequenos negócios significado, pequenos negócios trazem flexibilidade a setor de construção, pequenos negócios para trabalhar, grandes empresas pequenos negócios terceira idade, pequenos negócios tapioca, pequenos negócios viáveis, pequenos negócios varejo, pequenos negócios wikipedia, grandes empresas pequenos negócios youtube, grandes empresas pequenos negócios 02/06/19, pequenos negócios 2020, pequenos negócios 2018, pequenos negócios lucrativos 2020, 500 pequenos negócios lucrativos com pouco capital, pequenos negócios rentáveis até 5000 € em portugal,
submitted by ebookrevenda to MarketingDigitalBR [link] [comments]


2019.12.11 03:21 JairBolsogato "Nós nunca imaginávamos o que iria acontecer e nem nos preparamos para o que aconteceu na Venezuela"

Neste artigo, eu queria analisar minhas preparações e a natureza do apocalipse que fomos forçados a enfrentar. Não sei quanto a você, mas qualquer coisa que o tire do seu lugar, da sua cama quente, dos seus animais de estimação, dos filhos, da esposa e do resto da sua família, para mim não tem outra palavra melhor que apocalipse para descrevê-la.
Minha bolha de conforto foi destruída, meu trabalho de uma vida inteira foi jogado pela janela, minha apólice de seguro de família se foi com o vento (embora sem medicamentos para tomar e com os médicos fugindo para a Argentina e Colômbia, não teria sido muito útil mesmo).
As poucas preparações que duraram por 4 ou 5 meses são história agora. Obviamente, os preparativos funcionaram muito bem, e nós esticamos um pouco além, mas uma vez que o sistema entrou em colapso, não houve mais nada que pudéssemos fazer além de fechar o local e ir para outros locais onde pelo menos pudéssemos comprar comida.

O que aconteceu foi algo completamente diferente do que havíamos preparado.

Acho que o que quero dizer é que, dentro de nossos meios, nos preparamos mais ou menos adequadamente, mas o que realmente aconteceu foi algo completamente diferente para o qual não tínhamos preparado.

Preparamo-nos para algumas das consequências de turbulência, agitação, tumultos e crimes. Conseguimos ficar na encolha por um tempo e nos defender silenciosamente e seriamente, sem precisar sair do nosso refúgio. Os problemas de escassez começaram lá por volta de 2013-2014. Naqueles anos, foi a última vez que lembro que poderíamos comprar grandes quantidades de farinha de trigo, farinha de milho para fazer arepas, macarrão, leite em pó e UHT, arroz, e outros mantimentos.

Um colapso econômico durante tanto tempo parecia algo totalmente fora de questão. Era totalmente imprevisível. Eu esperava uma pandemia ou um golpe de estado muito antes desse cenário faminto de zumbi.

Sabíamos que algo perturbador aconteceria mais cedo ou mais tarde. Nós poderíamos sentir isso na atmosfera ... mas nada como o que aconteceu. Nós nunca pensamos que seria impossível encontrar uma bateria, óleo de motor ou gasolina (Caramba, este era um país produtor de petróleo!) ou que as crianças seriam colocadas em perigo na porta de suas escolas. No pior dos nossos pesadelos que poderíamos ter imaginado, um de nossos gatos resgatados que realocamos com um de nossos amigos em um bairro sofreu uma morte horrenda (por favor, não peça detalhes).

Nunca poderíamos imaginar que os funcionários das empresas estatais de petróleo e eletricidade seriam ameaçados de prisão por traição se tentassem deixar o emprego para deixar o país. Porque isso é o que está acontecendo. Quando descobri isso, senti uma profunda sensação de alívio, como nunca na minha vida, por ter saído antes. O único sentimento semelhante em que consigo pensar foi quando meu último filho nasceu, e os médicos me disseram que ele estava bem e não havia motivos para se preocupar.

Sob a situação atual, sofrer acusações tão terríveis é um pesadelo completo. Mas com a renda do trabalho freelance online, conseguimos pelo menos manter a casa funcionando, sem o pequeno salário que já foi mais do que suficiente para uma boa vida. Sem ele ... nossa família teria sido condenada à morte, não importando nossas preparações.

Portanto, deixar e deixar o país (e minha família) para trás foi uma das escolhas mais difíceis em nossas vidas, mas as mais sólidas e as mais seguras a longo prazo. Evitar o risco potencial de ser (falsamente, é claro) acusado de traição e entrar em um problema confuso, já é um grande benefício. Sempre dei confiança à intuição feminina. Quando minha esposa e eu conversamos sobre como as coisas estavam indo mal e a decisão de sair antes de piorar, eu sabia que era a intuição dela falando.

Nunca imaginamos que o dinheiro seria outra mercadoria e que os preços seriam muito diferentes se você tentasse pagar com cartão de débito em vez de dinheiro. Se você pagar com cartão de débito, o preço será o dobro do valor pago em dinheiro. Isso não é surpreendente: a taxa do caixa circulante para o não circulante é profundamente distorcida. Há pessoas que VENDEM o dinheiro: você os transfere um milhão de BsF para as contas bancárias deles, eles oferecem 500 ou 600.000 em dinheiro. E isso é o suficiente para duas dúzias de ovos e um pouco de queijo.

Em retrospecto, o que poderíamos ter feito para nos preparar para a situação atual? Vejamos.

Sim, eu sei como isso soa. Mas eu não ligo para algumas coisas que eu sei que esses FDPs podem fazer, como um cara sendo baleado a 30 metros da pessoa que me contou a história de um criminoso em uma motocicleta, e eu e minha família quase sendo parados na estrada deserta às 20h no meio do nada, com um tronco no meio do caminho (eu só pisei fundo no acelerador e passamos por cima).

Não há como estocar massas e outros produtos secos por um período tão longo sem comprar outra casa ou construir um segundo andar, acrescentando cerca de 60 ou 70 metros quadrados à casa. E mesmo assim teria sido arriscado: alguém assistindo no momento errado e estaríamos em apuros, acusados ​​de “acumular” e blá-blá-blá (insira aqui sua desculpa “socialista” favorita por roubar propriedade privada). Nossos bens teriam sido apreendidos, os 10% vendidos em público para "os pobres" pelos jornais do governo e os 90% roubados por quem saberá.

Se suprir de proteínas com nossa situação atual nesse bairro é muito mais difícil. Não há muito espaço. Coelhos e outros roedores estão fora de questão, já que as moscas que seus cocô atraem aqui nos trópicos são um problema e economicamente inviável. Os produtos de limpeza e alimentos são muito caros e, como você deve supor, escassos. As pessoas nos chalés já estarão muito melhor preparadas do que nós, moradores de cidades nerds e viciados em café.

Sob esse prisma, parece que as melhores escolhas seriam se mudar para uma cabana na floresta, não acha? Mas não é tão fácil.

Nossas leis não aprovam a educação em casa; Dirigir uma hora do chalé para a escola todos os dias está fora de questão, porque é quase impossível conseguir peças e consumíveis para automóveis ou muito caros.

O crime está ficando cada vez mais terrível. Uma cabana com colheitas e gado é um alvo fácil para pessoas famintas que são preguiçosas e ignorantes demais para se preparar (quando podem). Conseguir algo como uma espingarda de defesa só traria mais problemas. Os bandidos vêem isso como uma atração grande demais para resistir. Como armas e munições são escassas, elas são um verdadeiro tesouro. Eles sabem onde você está, estão organizados e têm os contatos adequados para poder colocá-lo em uma posição muito difícil.

Seria muito pior derrubar alguém tentando invadir sua própria casa, pois eles nunca roubam sozinhos. As leis de auto-defesa doméstica não se aplicam, a menos que o falecido tenha sido um criminoso "inconveniente", e se for esse o caso, é provável que muitos de seus amigos sejam parecidos. Uma segunda visita, talvez com bandidos mais preparados, porque eles sabem que você será capaz de fazer o que for necessário e não dará mole pra ninguém.

Ou pior, os policiais e juízes processarão o proprietário da residência porque ele é uma 'ameaça para o governo'. Roubarão as coisas da casa dizendo que são possível 'produtos de um crime' e o proprietário não poderá provar o contrário de dentro da prisão. Conheço várias pessoas que tiveram que pagar mensalmente à milícia guerrilheira os produtos que eles preferiam vender com prejuízo.

Tendo filhos para cuidar e cuidar, a opção do lobo solitário não é realmente uma opção. Se o esconderijo dele não estiver suficientemente longe ou bem escondido, mais cedo ou mais tarde alguém o descobrirá. A melhor opção é unir-se a outras famílias, cada uma em sua cabana, e construir uma rede de comunicações suficientemente confiável e com bom backup, caso algumas matilhas tentem atacar. Eu sei que isso seria muito mais fácil para o povo dos EUA, pois o acesso a todos os tipos de ferramentas de defesa deles é muito melhor.
Por J G Martinez D
https://www.theorganicprepper.com/never-imagined-happened-venezuela/
submitted by JairBolsogato to brasil [link] [comments]


2019.12.07 00:25 diodot Fui demitido hoje

Eu não estava esperando por isso, gostava muito do meu trabalho e até que ganhava bem para alguém sem formação superior, não acho que vou encontrar outro trabalho assim. Sempre pensei em sair do país e ir para os EUA mas nunca tive nenhum motivo real para concretizar isso, gosto da cultura deles e acho que me adaptaria bem. Me sinto perdido no momento e não saberia nem por onde começar ou até mesmo se isso seria possível, não conversei sobre isso com ninguém além de um amigo meu, alguém teria alguma dica de por onde começar?
submitted by diodot to brasil [link] [comments]


2019.12.02 08:49 altovaliriano Fãs armados cavaleiros por GRRM

Link: https://www.laweekly.com/winter-is-coming-so-are-the-cheesesteaks-on-game-of-thrones-george-rr-martin-food-quests/
Autor: Margy Rochlin
Título original: Winter is coming & so are the cheesesteaks: on Game of Thrones, George RR Martin + food quests

[...]
Em reuniões anuais em várias cidades, Martin envia seus seguidores (frequentemente pessoas que vieram de outros lugares e, portanto, não familiarizados com os arredores) em busca de alimentos para os quais, em troca, são oficialmente nomeados cavaleiros. Da maneira como Miller descreveu as "missões", elas pareciam uma versão divertida e rudimentar de The Amazing Race, ou talvez uma caça ao tesouro que também envolve comer, beber muita cerveja, se gabar de uma noite louca bem aproveitada e receber um apelido adequado a um herói. Nós queríamos saber mais!
Em nossa entrevista, falamos com David M. McCaman, um executivo de marketing de São Francisco, fundador do fórum eletrônico Brotherhood without Banners e um antigo cavaleiro armado por Martin.

Squid Ink: De acordo com a história, as missões começaram com um fã de George RR Martin, uma solicitação e um passeio noturno em massa até a esquina da 9th Street e a Passyunk Avenue, em South Philly [bairro da cidade de Filadélfia, EUA], em busca de um cheesesteak. Detalhes, por favor.
David M. McCaman: O primeiro encontro real de todos os fãs que se conheceram através de fóruns foi em 2001, na WorldCon da Filadélfia. Um dos nossos convidados da festa do fã-clube, que também era membro do fórum da BwB [Brotherhood Without Banners], queria que George o armasse cavaleiro. É claro que George sendo George disse: "Você não pode ser um verdadeiro cavaleiro sem uma vigília e uma missão..."
SI: ... e em algum momento, foi decidido que a missão envolvia buscar um Philly cheesesteak no Pat’s King of Steaks. Porque lá? Foi a alusão à realeza no nome? Ou porque o proprietário Pat Olivieri é considerado o criador do Philly cheesesteak?
DM: Na Filadélfia, há o Pat’s King of Steaks e do outro lado da rua há o Geno’s Steaks. Sempre houve uma guerra entre Pat e Geno sobre quem tem o melhor cheesesteak. Pat's é o que George mais gostava, então todos fomos para lá. Por volta das duas ou três horas da manhã, George usou a espada que um dos membros da BWB trouxe e armou cavaleiro a todos e deu-lhes um nome, chamou-os de Ser [Sor] ou Dame [Dama] e armou todo mundo.
SI: Espere, espere, espere. Uma espada? Alguém calhou de ter uma espada consigo?
DM: Alguém trouxe uma espada [cênica] para o hotel onde a festa acontecia. Era a WorldCon - havia muitas pessoas se fantasiando, muitos autores de fantasia e ficção científica. Então, sim, ele trouxe a espada consigo [para a Pat’s].
SI: Então você está dizendo que não era particularmente incomum alguém ter uma espada com eles?
DM: Não, mas imagino que era bastante incomum estar na frente do Pat's Steaks às 3 da manhã com [George] segurando uma espada, armando cavaleiros. Foi a única [missão] que ele realmente veio junto. Geralmente as pessoas [que estão sendo armadas cavaleiros] saem e trazem a comida de volta. Mas ele saiu conosco e fizemos tudo bem na frente do Pat’s.
SI: Vamos voltar um pouco. Descreva este cheesesteak digno de uma missão.
DM: Foi fantástico. George recomendou que todos conseguissem o original, que é o chessesteak básico com [Cheez] Whizz. Mas outras pessoas tinham o com provolone, ou com o Whizz; algumas buscaram com banana pepper ou pimenta.
SI: Como a visita ao Pat se transformou em uma tradição de longa data?
DM: O grupo original voltou aos fóruns e conversaram entre si e colocavam nas assinaturas de seus posts "Ser Isso-e-Aquilo, Cavaleiro do Cheesesteak" e tinham fotos de George armando-os. No ano seguinte, já se esperava que pessoas novas se prontificassem. A partir daí, tornou-se uma tradição que, antes ou depois da festa da BWB, os novos membros (aqueles que ainda não houvessem sido armados cavaleiros) fossem procurar a comida local que George desejasse.
SI: Descreva a cerimônia de armar cavaleiro em si. O que exatamente acontece?
DM: Você se ajoelha, George coloca a espada em seus ombros, então ele pega seu nome ou apelido - a maioria das pessoas tem apelido - e ele lhe dará um "Ser" ou uma "Dama", a depender se você é homem ou mulher, então ele criará um segundo apelido para você. Como o primeiro cara, o cara dos steaks que trouxe a espada. Ele levou George [para o Pat’s] em seu carro - enquanto todos nós pegávamos táxis - e se perdeu totalmente. Então George o chamou de Sor Aghrivaine, o Andarilho.
SI: Que tipo de transporte é necessário em uma missão?
DM: Geralmente depende do tamanho. No início usávamos alguns táxis. Mais tarde, à medida que vieram mais pessoas, dividiu-se em grupos menores, com pessoas andando juntas - algumas dirigiam carros, amontoavam-se em carros ou caminhonetes e outras pessoas pegavam táxis. Quando houve a missão do haggis em Glasgow, na Escócia, alguns caras foram realmente espertos: em vez de passar horas pela cidade, tentando encontrar os melhores haggis para George, esses caras foram à cozinha do hotel e os chefs fizeram o haggis e eles se tornaram Os Cavaleiros do Haggis.
SI: Se tivéssemos participado da Los Angeles Con em 2006, que tipo de comida teríamos procurado?
DM: Devíamos ter quase uma centena de fãs no LA Con e George mandou todo mundo de lá para o Pink's. Eles se tornaram os Cavaleiros do Pìnk’s Dogs.
SI: Pink’s? Pink’s fica em Hollywood. A LA WorldCon ocorreu no Anaheim Convention Center. Considerando ida e volta, é uma corrida por cachorro-quente de cerca de 70 milhas. Todas as missões se baseiam na distância - ou às vezes exigem uma solução criativa para problemas?
DM: Sim. Uma das mais difíceis foi em evento não-WorldCon em Kansas City. George enviou um grupo de fãs para obter Pontas queimadas, as Pontas de Peito [brisket]. Era tarde da noite e essas pessoas percorreram Kansas City inteira. Os lugares estavam fechados. Eles tentaram ir às mercearias para comprar e cozinhar - mas isso não funcionou. Eles foram a restaurantes e estavam fechados. Eles foram até em clubes noturnos. Finalmente, eles encontraram um restaurante de churrasco que havia acabado de fechar e jogaram fora suas pontas queimadas. Eles trouxeram isso de volta e, jocosamente, George os armou como os Cavaleiros da Lixeira.
SI: Seu título é Sor Lodengarl Três Punhos, o Cavaleiro dos Cheesesteaks. Por que três punhos?
DM: Eu estava basicamente gerenciando a primeira festa do WorldCon. Como qualquer bom profissional de marketing dando uma festa, passei o tempo todo me certificando de que tudo estava limpo, que todos estavam se divertindo, me certificando de que havia bastante gelo, comida e bebidas. Basicamente, assim que todo mundo tinha saído e havia apenas membros do fã-clube, peguei três cervejas para que eu pudesse me juntar a todos e me sentei na frente de George.
SI: Alguém já foi desarmado cavaleiro?
DM: Acho que não, mas há uma tradição de subir na hierarquia.
SI: O que quer dizer?
DM: Se você participar de três WorldCons, receberá o status de lorde ou dama. Se você participar de cinco, você é um príncipe ou uma princesa. Você não é obrigado a fazer uma missão adicional - você conquista estes títulos ao participar de muitas WorldCons. Eu sou um príncipe. Há uma pessoa que esteve em sete WorldCons, um cara da Irlanda. George o fez Rei.
SI: Há os Cavaleiros da Carne Picante, Cavaleiros do Queijo Flamejante, Cavaleiros do Fungo Picante. Todas as missões estão relacionadas à comida?
DM: Nem todas as missões de cavaleiros foram baseadas em alimentos. A maioria é — do haggis em Glasgow ao poutine em Montreal. Há os Cavaleiros do Ye Olde Roast Beef em Boston. É realmente apenas uma tradição que adiciona algo especial à experiência fã- autor. Se George fosse outro tipo de pessoa, ele teria apenas trazido uma espada e armado aquele cara cavaleiro. Mas como George é um fã de longa data, pensou: “Ei, eu quero que você faça alguma coisa!”, E então todos entraram e disseram: “Parece uma ótima ideia. Todo mundo está com fome. É tarde da noite.” Quando vai a convenções, George sempre fala sobre a boa comida da região e coisas para se experimentar. É realmente parte de quem somos enquanto fãs.
SI: Então George e seus fãs são como um fórum Chowhound em forma humana com um elemento de ficção de fantasia?
DM: Sim.
SI: Os fãs fazem as comidas descritas no livro?
DM: Nós fazemos. Temos lanches e comida em festas. Mas mesmo em suas próprias reuniões, eles trazem coisas. A maioria dos alimentos de que falam são proteínas - há muito pato, carne de veado, cabra, carne de carneiro ou javali que geralmente é acompanhada de tábuas de pão...
SI:... por tábua você diz um pedaço de pão velho usado como uma espécie de prato comestível...
DM:... e truta e todos os tipos de peixe. Há casamentos nos livros e há toneladas de pratos descritos com o suco e o óleo do pato e o molho de cereja escorrendo pelo queixo. Há tantas boas descrições. No terceiro ano, George foi convidado de honra no Toronto WorldCon 2003. Para a nossa festa, fizemos uma grande escultura de gelo e o chef do hotel criou uma torta de lampreia, uma espécie de enguia, famosa no livro. Então pedimos ao chef que trouxesse uma grande torta de lampreia e a trouxesse para a suíte no meio da festa. Naquele ano, [os aspirantes a cavaleiros e damas] não foram em uma missão. Eles acabaram por se tornar os Cavaleiros da Torta de Lampreia.
SI: Qual é o sabor da torta de enguia?
DM: Era realmente muito bom. Uma torta de lampreia não é apenas enguias; também pode ser peixe branco assado quase como um empadão. A maioria das pessoas com travessas queriam ser cavaleiros. Isso foi tirado diretamente dos livros e prestava homenagem a George.
SI: Os aventureiros alguma vez se recusaram a provar a comida que traziam de volta?
DM: Você tem que provar, pois em geral se está fora de seu país ou cidade e é uma ótima maneira de conhecer parte da culinária, da cultura.
SI: Os aspirantes a cavaleiros e damas ficam chateados com missões de comida? Alguém nunca resmungou: “Cara, por que sou um cavaleiro dos Antigos Condimentos Apodrecidos? Por que eu não poderia ser um Cavaleiro da Pizza?"
DM: Em Denver, em 2008, tivemos os Cavaleiros da Mile-High Tomato Pie. Essa foi boa.
submitted by altovaliriano to Valiria [link] [comments]


2019.12.01 23:04 JairBolsogato Nós nunca imaginávamos o que iria acontecer e nem nos preparamos para o que aconteceu na Venezuela

Neste artigo, eu queria analisar minhas preparações e a natureza do apocalipse que fomos forçados a enfrentar. Não sei quanto a você, mas qualquer coisa que o tire do seu lugar, da sua cama quente, dos seus animais de estimação, dos filhos, da esposa e do resto da sua família, para mim não tem outra palavra melhor que apocalipse para descrevê-la.
Minha bolha de conforto foi destruída, meu trabalho de uma vida inteira foi jogado pela janela, minha apólice de seguro de família se foi com o vento (embora sem medicamentos para tomar e com os médicos fugindo para a Argentina e Colômbia, não teria sido muito útil mesmo).
As poucas preparações que duraram por 4 ou 5 meses são história agora. Obviamente, os preparativos funcionaram muito bem, e nós esticamos um pouco além, mas uma vez que o sistema entrou em colapso, não houve mais nada que pudéssemos fazer além de fechar o local e ir para outros locais onde pelo menos pudéssemos comprar comida.

O que aconteceu foi algo completamente diferente do que havíamos preparado.

Acho que o que quero dizer é que, dentro de nossos meios, nos preparamos mais ou menos adequadamente, mas o que realmente aconteceu foi algo completamente diferente para o qual não tínhamos preparado.

Preparamo-nos para algumas das consequências de turbulência, agitação, tumultos e crimes. Conseguimos ficar na encolha por um tempo e nos defender silenciosamente e seriamente, sem precisar sair do nosso refúgio. Os problemas de escassez começaram lá por volta de 2013-2014. Naqueles anos, foi a última vez que lembro que poderíamos comprar grandes quantidades de farinha de trigo, farinha de milho para fazer arepas, macarrão, leite em pó e UHT, arroz, e outros mantimentos.

Um colapso econômico durante tanto tempo parecia algo totalmente fora de questão. Era totalmente imprevisível. Eu esperava uma pandemia ou um golpe de estado muito antes desse cenário faminto de zumbi.

Sabíamos que algo perturbador aconteceria mais cedo ou mais tarde. Nós poderíamos sentir isso na atmosfera ... mas nada como o que aconteceu. Nós nunca pensamos que seria impossível encontrar uma bateria, óleo de motor ou gasolina (Caramba, este era um país produtor de petróleo!) ou que as crianças seriam colocadas em perigo na porta de suas escolas. No pior dos nossos pesadelos que poderíamos ter imaginado, um de nossos gatos resgatados que realocamos com um de nossos amigos em um bairro sofreu uma morte horrenda (por favor, não peça detalhes).

Nunca poderíamos imaginar que os funcionários das empresas estatais de petróleo e eletricidade seriam ameaçados de prisão por traição se tentassem deixar o emprego para deixar o país. Porque isso é o que está acontecendo. Quando descobri isso, senti uma profunda sensação de alívio, como nunca na minha vida, por ter saído antes. O único sentimento semelhante em que consigo pensar foi quando meu último filho nasceu, e os médicos me disseram que ele estava bem e não havia motivos para se preocupar.

Sob a situação atual, sofrer acusações tão terríveis é um pesadelo completo. Mas com a renda do trabalho freelance online, conseguimos pelo menos manter a casa funcionando, sem o pequeno salário que já foi mais do que suficiente para uma boa vida. Sem ele ... nossa família teria sido condenada à morte, não importando nossas preparações.

Portanto, deixar e deixar o país (e minha família) para trás foi uma das escolhas mais difíceis em nossas vidas, mas as mais sólidas e as mais seguras a longo prazo. Evitar o risco potencial de ser (falsamente, é claro) acusado de traição e entrar em um problema confuso, já é um grande benefício. Sempre dei confiança à intuição feminina. Quando minha esposa e eu conversamos sobre como as coisas estavam indo mal e a decisão de sair antes de piorar, eu sabia que era a intuição dela falando.

Nunca imaginamos que o dinheiro seria outra mercadoria e que os preços seriam muito diferentes se você tentasse pagar com cartão de débito em vez de dinheiro. Se você pagar com cartão de débito, o preço será o dobro do valor pago em dinheiro. Isso não é surpreendente: a taxa do caixa circulante para o não circulante é profundamente distorcida. Há pessoas que VENDEM o dinheiro: você os transfere um milhão de BsF para as contas bancárias deles, eles oferecem 500 ou 600.000 em dinheiro. E isso é o suficiente para duas dúzias de ovos e um pouco de queijo.

Em retrospecto, o que poderíamos ter feito para nos preparar para a situação atual? Vejamos.

Sim, eu sei como isso soa. Mas eu não ligo para algumas coisas que eu sei que esses FDPs podem fazer, como um cara sendo baleado a 30 metros da pessoa que me contou a história de um criminoso em uma motocicleta, e eu e minha família quase sendo parados na estrada deserta às 20h no meio do nada, com um tronco no meio do caminho (eu só pisei fundo no acelerador e passamos por cima).

Não há como estocar massas e outros produtos secos por um período tão longo sem comprar outra casa ou construir um segundo andar, acrescentando cerca de 60 ou 70 metros quadrados à casa. E mesmo assim teria sido arriscado: alguém assistindo no momento errado e estaríamos em apuros, acusados ​​de “acumular” e blá-blá-blá (insira aqui sua desculpa “socialista” favorita por roubar propriedade privada). Nossos bens teriam sido apreendidos, os 10% vendidos em público para "os pobres" pelos jornais do governo e os 90% roubados por quem saberá.

Se suprir de proteínas com nossa situação atual nesse bairro é muito mais difícil. Não há muito espaço. Coelhos e outros roedores estão fora de questão, já que as moscas que seus cocô atraem aqui nos trópicos são um problema e economicamente inviável. Os produtos de limpeza e alimentos são muito caros e, como você deve supor, escassos. As pessoas nos chalés já estarão muito melhor preparadas do que nós, moradores de cidades nerds e viciados em café.

Sob esse prisma, parece que as melhores escolhas seriam se mudar para uma cabana na floresta, não acha? Mas não é tão fácil.

Nossas leis não aprovam a educação em casa; Dirigir uma hora do chalé para a escola todos os dias está fora de questão, porque é quase impossível conseguir peças e consumíveis para automóveis ou muito caros.

O crime está ficando cada vez mais terrível. Uma cabana com colheitas e gado é um alvo fácil para pessoas famintas que são preguiçosas e ignorantes demais para se preparar (quando podem). Conseguir algo como uma espingarda de defesa só traria mais problemas. Os bandidos vêem isso como uma atração grande demais para resistir. Como armas e munições são escassas, elas são um verdadeiro tesouro. Eles sabem onde você está, estão organizados e têm os contatos adequados para poder colocá-lo em uma posição muito difícil.

Seria muito pior derrubar alguém tentando invadir sua própria casa, pois eles nunca roubam sozinhos. As leis de auto-defesa doméstica não se aplicam, a menos que o falecido tenha sido um criminoso "inconveniente", e se for esse o caso, é provável que muitos de seus amigos sejam parecidos. Uma segunda visita, talvez com bandidos mais preparados, porque eles sabem que você será capaz de fazer o que for necessário e não dará mole pra ninguém.

Ou pior, os policiais e juízes processarão o proprietário da residência porque ele é uma 'ameaça para o governo'. Roubarão as coisas da casa dizendo que são possível 'produtos de um crime' e o proprietário não poderá provar o contrário de dentro da prisão. Conheço várias pessoas que tiveram que pagar mensalmente à milícia guerrilheira os produtos que eles preferiam vender com prejuízo.

Tendo filhos para cuidar e cuidar, a opção do lobo solitário não é realmente uma opção. Se o esconderijo dele não estiver suficientemente longe ou bem escondido, mais cedo ou mais tarde alguém o descobrirá. A melhor opção é unir-se a outras famílias, cada uma em sua cabana, e construir uma rede de comunicações suficientemente confiável e com bom backup, caso algumas matilhas tentem atacar. Eu sei que isso seria muito mais fácil para o povo dos EUA, pois o acesso a todos os tipos de ferramentas de defesa deles é muito melhor.
Por J G Martinez D
https://www.theorganicprepper.com/never-imagined-happened-venezuela/
submitted by JairBolsogato to brasilivre [link] [comments]


2019.11.25 14:14 ebookrevenda Comprar e revender produtos na internet gera bons lucros?

Comprar e revender produtos na internet gera bons lucros?

https://preview.redd.it/jv11ya1a1u041.png?width=700&format=png&auto=webp&s=2d5a580fbfb1950c0033bc225035f4fd3efcbb00
Com as novas ferramentas que estão surgindo no mercado a cada dia fazer vendas na internet algo mais simples, não somente nos “navegadores mais experientes” mas também pessoas que não tem um grande hábito de navegar na internet todos os dias já se tornam aptas a realizar vendas pela internet fazendo simples pesquisas, Hoje os meios de pagamento são bem facilitados e você não precisa de muito para estar recebendo dinheiro via internet usando o cartão de crédito usando o boleto e outras opções mais, isso no final é o que facilita muito as vendas online.
Existem duas técnicas que gostam de abordar para trabalhar pela internet, onde você pode fazer vendas e ter um bom rendimento, vamos falar um pouco sobre elas

https://preview.redd.it/0dexxqva1u041.jpg?width=448&format=pjpg&auto=webp&s=4a9ffb3676f97deaafb5929328eb3a81d2894fef
A imagem acima mostra um sistema de dropshipping semelhante ao que você citou, fazer compras pela internet e revender esses produtos, talvez você já tenha ouvido falar da técnica de dropshipping onde você vai comprar produtos importados e revendê-los aqui no Brasil, se pesquisar a fundo sobre essa técnica vai perceber que na verdade você nem mesmo precisa comprar o produto, você vai estar fazendo na verdade uma intermediação entre o comprador e o site que de fato vende o produto.
Dando uma melhor olhada na imagem acima você vai entender exatamente como tudo funciona, e vai entender que na verdade o seu papel é apresentar o produto ao comprador e posteriormente caso ele decida comprar você vai fazer a compra e mandar entregar diretamente no endereço do seu comprador.
Por muito tempo pratiquei essa técnica porém ela exige alguns cuidados, como por exemplo divulgar produtos de qualidade, pois vender um produto que não tem muita qualidade pode acabar te trazendo algum prejuízo no caso de devolução e coisas do tipo, mesmo que você não seja o Real vendedor do produto isso acaba te trazendo uma imagem caso o mesmo venha a ter algum problema ou ser de má qualidade, Então vale sempre a pena estar muito atento ao que você vai estar vendendo mesmo que seja um produto barato nunca é bom manchar a sua imagem.
Outro fator que incomoda um pouco é o tempo de entrega desses produtos, geralmente comprar produtos de outro país pode demorar algum tempo para chegar isso pode variar de um a dois meses dependendo de onde você compra os produtos e esse é o principal fator o que pode fazer com que você faça menos vendas, afinal, hoje temos centenas de sites onde a pessoa pode fazer uma compra e muita das vezes ela não vai preferir comprar no seu caso o tempo de entrega do produto seja muito grande, essa característica pode ser liberada caso você opte por fazer um pequeno estoque, comprar alguns produtos antes de vendê-los, porém aí teria a desvantagem de realmente ser responsável por esse produto que você vai estar vendendo, caso tem algum defeito na entrega ou algo do tipo você seria o responsável.
Então antes de iniciar um trabalho de dropshipping, vale a pena colocar essas coisas na mesa e verificar se de fato isso vai ser ou não um problema para você e assim tomar a sua decisão de iniciar esse trabalho, hoje temos pessoas ganhando muito dinheiro com esse sistema de vendas e nada impede que você seja mais uma dessas pessoas, basta ter um bom planejamento e com certeza vai conseguir atingir o seu objetivo.

https://preview.redd.it/d41eqc8c1u041.jpg?width=1280&format=pjpg&auto=webp&s=0e510c0f5e707d5b1868874387dff44a3e5bc267
USANDO O MARKETING DE AFILIADOS PARA SE DAR BEM, Outra técnica que prático é a revenda de produtos digitais ou até mesmo a participação em Sistemas de afiliados onde você pode revender algum produto, No meu caso é a técnica que acho mais atraente pelo fato de que não terei custo algum com produto ou devolução ou algo do tipo pois ao me cadastrar como afiliado de alguém o meu único trabalho será divulgar o produto dessa pessoa não terei outros trabalhos como entregas e nada relacionado a isso além da divulgação do produto logicamente.
Muitas pessoas precisam divulgar seus produtos e não tem tanto dinheiro para investir em marketing então acabam lançando sistemas de marketing de afiliados onde pagam comissões a terceiros para realizar a indicação de seus produtos ou divulgação dos mesmos, então basta você procurar alguma dessas pessoas que tenha algum sistema de afiliados na internet e faça vendas de algum produto, ver o valor da comissão que essa pessoa está pagando, logicamente ver a qualidade do produto, e por fim se afiliar a esse produto e começar a divulgar, como citei sempre que você realizar uma indicação ou venda Você vai ganhar uma parte do valor da venda por ter indicado o produto.
hoje o marketing de afiliados faz parte de grande parte das empresas, e não é tão difícil encontrar algum sistema de afiliados onde você possa estar cadastrando abaixo oscitar algum dos que participa E você também pode participar caso ache interessante:
PCG Programa Classificados Grátis Se trata de um software para fazer divulgação online ou seja existem milhares de pessoas interessadas nesse tipo de produto na internet e por isso é bem fácil vender, você ganha uma comissão de até 50% no valor da venda de cada cópia que realizar, o é via Mercado Pago, você pode simplesmente fazer uma conta no mercado pago não tem que pagar nada por isso e quando receber uma comissão Você pode sacar o seu dinheiro do MercadoPago para sua conta bancária.
Visitando o site vai ver que é bem atrativo e que realmente divulgando você pode fazer vendas facilmente já participou de sistema um bom tempo e tenho tido bons Lucros, logicamente Essa é apenas uma indicação, assim como esse podem existir outros programas de afiliados que venda softwares do tipo ou semelhantes E cabe a você escolher qual é o mais atrativo ou que acredite ser mais fácil de se vender.
Prmotion Site Também se trata de um software de marketing online semelhante a um software de e-mail marketing porém ao invés de enviar e-mails esse programa busca sites por uma palavra chave, visita esses sites e envia uma mensagem diretamente para o formulário de contato de cada um desses sites, a área do marketing é um nicho que me atrai bastante pois na internet o que mais se vende é o marketing e milhares de pessoas estão interessadas em comprar um cocker como esse para divulgar o seu site, para divulgar o seu produto ou para divulgar qualquer outro. A comissão pela venda de software também chega a 50% você pode dar uma olhada no site e vai ver que de fato também é algo bem atrativo e que seria bem fácil de se vender.
Espero ter respondido adequadamente, minha resposta não é embasada em nenhum curso ou em nenhum produto ou sistema específico, apenas na experiência que tenho trabalhando com divulgação pela internet e com a venda de produtos online que já pratico há um bom tempo, mais que 9 anos, e hoje faço dessa a minha principal fonte de renda.
De coração se optar por esse ramo de trabalho Espero que tenha muito sucesso, e tenha em mente que não são comentários de outras pessoas que vão te fazer ter sucesso ou não, isso depende apenas da sua dedicação e força de vontade para fazer o seu negócio alavancar-se, dedique-se a cada dia mais e logo vai ver os resultados inesperados…
Agradeço de sua parte se tiver um voto positivo a essa resposta, mais uma vez desejo sucesso e até uma próxima oportunidade ;)

automacaodemarketing #marketing #publicidade #propaganda #divulgar #avenda #vender #comprar #compras #dropshipping #dropshiping #afiliados #sistemaafiliados #marketingdeafiliados comprar e revender roupas, comprar e revender produtos, comprar e revender celular, comprar e revender aliexpress, comprar e revender motos, comprar e vender milhas, comprar e revender ouro, comprar e revender produtos importados, comprar e vender ações, comprar para revender aliexpress, comprar para revender atacado, coisas para comprar e revender no aliexpress, o que revender aliexpress, aliexpress para revenda, comprar no aliexpress para revender, para comprar revender, melhores coisas para comprar e revender, comprar e revender é crime, comprar para revender água, revender é crime, comprar e vender bens, comprar e vender bitcoins, comprar e vender btc, comprar e vender bitcoin no brasil, comprar e vender bitcoin no mesmo dia, comprar e vender bitcoin no mercado bitcoin, comprar e vender bitcoin vale a pena, comprar e vender bitcoin automaticamente, como comprar e revender bolsas, comprar e vender carros usados, comprar e vender celular, comprar e vender casas, comprar e vender coisas usadas, comprar e vender celular usado, comprar e vender commodities, compra e revenda de produtos, compra e revenda de carros, compra e revenda de roupas, compra e revenda de pulseiras magnética, compra e revenda de cosmeticos, compra e revenda de celulares, comprar revenda de gas, como comprar nos eua e revender no brasil, comprar nos estados unidos e revender no brasil, o que comprar nos eua para revender no brasil, comprar para revender folheados a ouro, comprar fabrica e revender, fabricas para comprar e revender, flores para comprar e revender, roupas femininas para comprar e revender, comprar roupa revender goiania, comprar para revender games, compra e revenda de gado, o que comprar e revender para ganhar dinheiro, comprar e revender havaianas, comprar para revender havaianas, revender havaianas, como faço para revender havaianas, quero revender havaianas, como revender havaianas, o que revender na internet, comprar e revender joias, comprar para revender joias, comprar jeans revender, comprar e vender leilao, comprar e vender lucro, comprar livros e vender, lojas para comprar e revender, lojas para comprar e revender roupas, lugares para comprar e revender, comprar no aliexpress e revender no mercado livre, coisas para comprar e revender no mercado livre, comprar e vender moedas, comprar e vender motos, comprar e vender moedas digitais, comprar e vender moedas antigas, comprar e vender mercado bitcoin, comprar e vender moedas virtuais, comprar e revender no mercado livre, comprar e vender na olx, comprar no paraguai e revender no brasil, comprar para revender online, comprar para revender o que, o que comprar e revender, revender ouro, como faço para revender ouro, como revender ouro, comprar e vender óculos, vender óculos, como vender óculos, o que comprar e revender no mercado livre, o que comprar e revender pela internet, o que posso comprar e revender, comprar para revender, comprar para revender direto da fabrica, comprar para revender roupas, melhores sites para comprar e revender, melhores produtos para comprar e revender, comprar e vender queijo, quero comprar e revender produtos, queijo para comprar e revender, quero vender queijo, vender queijo, o que comprar para revender e ter lucro, comprar para revender roupas de marca, comprar para revender roupas no atacado, produtor rural pode comprar e revender, comprar e revender suplementos, comprar sapatos e vender, comprar e revender sapatilhas, compra e revenda sucata, comprar roupa revender sao paulo, comprar para revender suplementos, comprar para vender salgados congelados, revender suplementos, comprar terreno e vender, comprar produtos nos estados unidos e revender no brasil, comprar e vender veículo, comprar para revender vale a pena, viajar para comprar e revender, vestidos para comprar e revender, vale a pena comprar e vender carros, como comprar verduras e revender, comprar na wish e revender, o que comprar na wish para revender, como comprar no wish para revender, comprar no wish para revender, o que comprar no wish para revender, comprar y vender, comprar y revender ropa, comprar y revender en internet, comprar y revender en argentina, comprar y vender por internet, comprar y vender en amazon, comprar y vender oro, comprar y vender autos, comprar y vender casas, comprar y vender dolares, comprar zapatillas revender

submitted by ebookrevenda to MarketingDigitalBR [link] [comments]


2019.11.18 12:57 Brunoekyte O que é Persona e Público no marketing digital e qual a diferença

É comum misturar os conceitos, mas eles são diferentes e se complementam. Persona e Público são definidos na fase de estratégia do marketing digital.

O que é Persona?

A Persona representa um cliente padrão e serve para definir a estratégia de comunicação: canais, design e formato.

O que é Público?

O Público representa a segmentação necessária para alcançar a Persona e suas variações. É utilizado nas campanhas patrocinadas. Se a Persona é inspirada em alguém de 35 anos, o Público vai abranger pessoas de 25 a 45, por exemplo.

Qual a diferença entre Persona e Público?

Persona representa o perfil de um cliente relevante, com o objetivo de definir a estratégia e comunicação. Público é a segmentação indicada para encontrar a Persona. Ambos são definidos na fase de estratégia do marketing digital.
Pode e deve existir mais de um Público para alcançar uma Persona. Alguns Públicos podem ser utilizados para alcançar várias Personas, pois nem sempre é possível fazer uma segmentação perfeita. Por exemplo, quem passa na home do site entra em uma lista de remarketing comum, que não pode ser diferenciada.

Exemplos de Personas e Públicos

Considerando um comércio de luminárias especializado em produtos de alto padrão. Veja exemplos de Personas e Públicos.
Persona 1: arquiteta de 35 anos, brasileira, autônoma, solteira, classe social A. Acompanha os principais canais de comunicação sobre arquitetura no Brasil e EUA. Gosta de viajar pelo mundo e conhecer diferentes culturas. Tem dificuldade para encontrar novos fornecedores de luminárias de alto padrão.
Persona 2: executiva brasileira de 40 anos que deseja mudar-se para um imóvel maior, pois os filhos estão crescendo. Tem alto poder aquisitivo e dispõe de uma arquiteta que lhe auxilia, mas gosta de escolher os principais itens de decoração sozinha. Frequenta a academia e busca manter uma alimentação saudável.
Estes são dois exemplos principais, embora poderiam haver dezenas. A seguir, confira os Públicos correspondentes para estas Personas, que abrangem os consumidores em geral.
Público arquitetos para a Persona 1:
Público designers para a Persona 1:
Público engenheiras civis para a Persona 1:
Público executivas para a Persona 2:
Neste exemplo, foram criados 3 Públicos para alcançar 1 Persona, e 1 Público para a outra. Desta forma, o ideal é produzir 2 conceitos criativos, um destinado ao Público profissional e outro que se comunique melhor com o consumidor final.
Dica: Além desta divisão ainda pode ser criado um Público de remarketing e seguidores, englobando as duas Personas para estratégias de comunicação que atendam os 2 casos, como novidades e ofertas.

É realmente necessário trabalhar com Personas?

Não. É possível trabalhar apenas com Públicos.
Personas funcionam melhor quando já se conhece bem seus clientes, e quando há esta característica marcante onde uma “figura” pode representar um grupo de clientes.
Iniciar com públicos e com o tempo avaliar a ideia de criar personas pode ser uma boa solução.
Muitas literaturas de marketing digital insistem em dizer que a persona é o ponto de partida de tudo. Mas isto são conceitos teóricos. O marketing digital tem pouco mais de 10 anos de “vida”, portanto há muito o que descobrir ainda. Entenda os conceitos e decida o que é melhor para seu negócio.

Quais os benefícios de utilizar Personas na estratégia de marketing digital?

Quantas Personas são necessárias?

Se elas servem para definir a comunicação, então quanto maior a quantidade criada, mais complexo será todo o processo de marketing digital. Serão mais anúncios, conteúdos, patrocínios em mídia e indicadores para analisar o desempenho. Então para iniciar, 2 Personas é um bom número. Trabalhar com 5 personas, por exemplo, é um cenário de maturidade avançado, indicado para grandes equipes de marketing digital.

Como escolher as Personas?

Elas representam seus principais clientes, ou até mesmo o cliente ideal.
Quando o negócio está iniciando, é possível apenas imaginar suas personas. Idealize uma ou duas personas, mas esteja aberto para receber outros perfis de cliente que podem ser ainda melhores.
Já para negócios em operação é necessário entender quais são melhores clientes e mais alinhados com o negócio. Ter os dados dos clientes é fundamental para este trabalho, para evitar que seja apenas empírico. Crie um mapa e pontue algumas pessoas reais.
Feito o mapeamento de clientes reais, é hora de avaliar suas características demográficas e interesses.

Quais são as informações para criar um persona?

O suficiente para encontrar estas pessoas no mercado. Não é necessário detalhar dados que não vão ajudar na segmentação de público.

Conclusão

Trabalhar com pesonas é uma boa prática, mas é opcional. É possível planejar apenas pensando em públicos, ou seja, de forma mais ampla.
Duas personas é uma boa quantidade. Cada nova persona vai exigir mais investimento, tanto em criação quanto na execução das campanhas. Trabalhar com mais personas exige maturidade digital. Personas menos relevantes também serão impactadas pelas campanhas, pois as segmentações nunca são perfeitas.
Separe as campanhas por Persona ou Público. Avalie os resultados. Descarte personas e públicos que não são eficientes e tente outras.
Veja também:
submitted by Brunoekyte to MarketingDigitalBR [link] [comments]


El1 canta ‘Encontrar Alguém’ nos Shows ao Vivo - ‘The Voice Brasil’  8ª Temporada O SUPER PAI. DICAS PARA RELACIONAMENTO NOS ESTADOS UNIDOS! NOVIDADES nos próximos dias (27)98102 9033 Como achar pessoas online aqui nos EUA, forma simples de ... TANTO AMOR - DELORA BUENO Estou solteiro (a), vai entrar alguem nos meus caminhos?! ; vou conhecer um novo amor

Como Encontrar um Amigo Perdido: 10 Passos (com Imagens)

  1. El1 canta ‘Encontrar Alguém’ nos Shows ao Vivo - ‘The Voice Brasil’ 8ª Temporada
  2. O SUPER PAI.
  3. DICAS PARA RELACIONAMENTO NOS ESTADOS UNIDOS!
  4. NOVIDADES nos próximos dias (27)98102 9033
  5. Como achar pessoas online aqui nos EUA, forma simples de ...
  6. TANTO AMOR - DELORA BUENO
  7. Estou solteiro (a), vai entrar alguem nos meus caminhos?! ; vou conhecer um novo amor

Mais um video da vida como ela é! Rs! Eu tento equilibrar dicas profissionais, com dicas um tanto quanto pessoais! Vocês me pediram dicas para encontrar alguém nos Estados Unidos! Então ... Vem alguém nos meus caminhos? ... Tem alguém que gosta de mim que eu saiba?🤗🤗🤗🤗🤗🤗🤗🤗🤗(27)98102 9033 - Duration: 11:48. PRINCESA JADE DO EGITO 8,045 views. Baralho responde Whatsaap 11-942357056 3 horários 30 min 40 min 1 hora... Optcha. DELORA BUENO LP KODAK REVELA A MÚSICA – RCA VICTOR – 1963 PIANO E VOZ: DELORA BUENO Cantora. Nascida nos Estados Unidos durante uma estada de seus pais. Seu pai era brasileiro, sendo pianista ... Esta história de amor começou em Winchester, nos EUA, há 43 anos quando Rick foi estrangulado pelo cordão umbilical durante o parto, ficando com uma lesão cerebral e incapacitado de controlar ... CURTA, COMPARTILHE E SE INSCREVA NO CANAL! Para assessoria em Boston: https://www.facebook.com/Malandragemeua/ Para assessoria de VISTO: https://www.facebook... 50+ videos Play all Mix - El1 canta ‘Encontrar Alguém’ nos Shows ao Vivo - ‘The Voice Brasil’ 8ª Temporada YouTube Eli veio de Lages para cantar Adele X Factor BR - Duration: 5:25. X ...